CDC #172 – Sherlock Time

Início/Caverna do Caruso, Destaques, Leia!/CDC #172 – Sherlock Time

Sherlock Time foi a minha primeira numa já longa lista de surpresas nas publicações da Comix Zone. Explico. Sendo sincero, a folheada da revista não parecia muito convidativa. O quadrinho em preto e branco, tom soturno, texto de recordatório excecivo, tudo levava a crer que se trataria de uma leitura difícil. A pesquisa sobre a obra também não ajudava: um quadrinho argentino, da década de 50, dez anos antes de publicarem qualquer um dos personagens que hoje eu gosto tanto de ler… Sei não. Rapaz! Eu não poderia estar mais enganado!

Sherlock Time conta a história de um camarada com bastante cara de coitado (me lembrou até um colega de trabalho, cujo o nome eu não posso revelar) que compra uma casa enorme em uma área bacana de Buenos Aires a preço de banana. Obviamente a casa tinha uma pegadinha: parecia estar mal assombrada. No entanto, as assombrações tinham uma assombração! De olho em tudo, um sujeito chamado Sherlock Time, muito atento aos acontecimentos em torno da casa estava pronto para explicar o qu estava acontecendo e “desligar” as assombrações da residência. Assim começa uma bizarra amizade, que se extende ao longo de diversas histórias curtas, sempre com uma viradinha interessante ao final, no melhor estilo Tales From The Cript. A diferença, aqui, é que as histórias envolvem ficcção científica e explicações possíveis para o impossível, incluindo uma torre da mansão que serve como foguete, deixando uma “torre disfarce” em seu lugar para ninguém suspeitar de nada.

Os conceitos pra mim foram bem inovadores. O que não deixa de ser surpreendente, você se surpreender com algo de 70 anos atrás! A arte também, ao ser observada com um pouquinho mais de paciência (mas só um pouquinho, não muito), é esplendorosa! A caracterização dos personagens é incrível, todas aquelas pessoas parecem ter existido de carne e osso. É algo que fica entre o caricato e o extremamente possível. Os rostos são tão bem elaborados que você parece capaz de ouvir a voz das pessoas.

Se passar na Argentina, apesar de não ser o foco central da trama, também é um charme. Parece dar um grande f*d@-$& pro imperialismo americano e a hegemonia cultural dos quadrinhos de outros países e contar a sua própria história, para o seu próprio povo, sem se preocupar em criar um material de exportação. É como consumir algo autêntico, feito pra eles mesmos.

Eu adorei. E acho que tem grandes chances de você adorar também. Só é preciso de um pouco de mente aberta…

Tô Lendovantagens
  • Saiu aqui no Brasil, pela Comix Zone. Se não fossem esses camaradas, eu JAMAIS tomaria conhecimento da existência desse material. Acho fascinante depois de tantos anos ainda ser capaz de descobrir coisas novas
  • A arte é es-pe-ta-cu-lar. Eu fiquei de cara com o Breccia e fiz uma anotação mental de não passar nenhuma oportunidade de lê-lo novamente.
  • Os roteiros também são super instigante, te prendem bastante. Outra anotação mental de ler tudo que for escrito pelo Osterhed.
  • Apesar de parecer uma leitura longa e maçante por conta do tamanho do livro, ela avança muito rapidamente, por se tratar de historinhas curtas, que sempre te deixam com apetite pra mais. Tipo pistache. A gramatura das páginas também é bem grossinha, o que faz com que ela acabe mais rápido do que parece.
  • O acabamento editorial do material é bem legal! Livrão, bonitão, de capa dura, daqueles que fica bem até na mesinha de centro!
Tô Lendodesvantagens
  • Só em capa dura (não sou fã de capa dura, coisa minha)
  • Essa talvez não seja uma leitura pra todo mundo, não sei. Se você só gosta de super heróis e porradaria colorida, talvez não seja pra você.
  • Preto e branco, mas, aqui não é nem de longe uma desvantagem. A utilização do chiaro/scuro do Breccia é tão primorosa que você nem precisa de cores!
  • A capa não é a coisa mais convidativa do mundo.
  • Alguns capítulos são “deitados”. Ô troço irritante, viu?
  • Se você fizer uma pesquisa rápida pelo google imagens, pode ficar com a equivocada impressão de que se trata de uma leitura chata e parada. Ahhh, longe disso, colega!

Estou deixando o link aqui para a compra na amazon, caso seja seu interesse. Através desse link, você ajuda a manter nosso canal no youtube. Mas aproveito pra lembrar você de apoiar as lojas de quadrinho da sua cidade. Se tiver alguma aí perto que faça entregas, vai com tudo!

Agora, é claro, eu gostaria de saber quem aqui já leu Sherlock Time? O que achou?

Tô LendoAlgumas imagens!
2021-06-01T11:56:43+00:00 16 de junho de 2021|0 Comentários