SUPER GIRO #57

1984 – 2020

Nem diria que foi a notícia mais importante da semana, mas a divulgação de que Mulher Maravilha 1984 foi adiado para 2020 mexeu com a cabeça de muita gente. O boato forte é que a DC vai usar esse tempo extra pra inserir cenas que dão possibilidade para o surgimento de um novo Batman e até um novo Superman, facilitando a saída de Ben Affleck e Henry Cavill. Isso porque já se sabe, até pelas fotos divulgadas à exaustão e o nome de Chris Pine no elenco, que o personagem Steve Trevor, que morreu no primeiro filme da Mulher Maravilha, estará de volta. Dizem que a trama, portanto, se trata de uma viagem no tempo, que pode impactar o presente. Dessa forma, Mulher Maravilha 1984 serviria pra rebootar de leve o universo DC nos cinemas. Mas o site The Wrap ontem desmentiu esse boato, dizendo que isso é fofoquinha de youtubers.

A coluna nem sabe no que acreditar. De que forma uma alteração na cronologia da Terra iria mudar a cara de um bebê Kriptoniano que chega aqui? Ou mesmo, como tornaria Bruce Wayne mais jovem e com um rostinho diferente? Tá, talvez o reboot nem fosse pra mudar atores, mas pra mudar só a péssima história mesmo. Aí, no pacote de alterações, arrumam-se novos atores e aproveitam a chacoalhada. Ainda assim, é meio esquisito. Não tô muito a fim de acreditar nessa teoria, mas até que bate com o papo de que o filme do Flash não terá mais o título Flashpoint, que poderia trazer uma história teria mais força pra rearranjar a DC no braço.

Ainda que a DC vá por esse caminho pra achar uma solução para sua fase ruim, pode ser que muita gente acabe dizendo que mais uma vez a Warner chegou atrás da Marvel. Isso porque há muitos indícios, como se vê no fim de Homem-Formiga e A Vespa, de que uma viagem no tempo esteja na trama de Vingadores 4, que precisa dar um jeito de explicar a existência dos já confirmados novos filmes do Homem-Aranha e Guardiões da Galáxia 3. Pois é, nunca é fácil pra DC.

Todo Poder Aos Roteiristas

Nos EUA, os roteiristas já começam a protagonizar notícias sobre TV e cinema. Só esta semana, duas matérias trouxeram novidades dando destaque a autores de roteiros de sucesso.

Uma é que Star Trek terá uma animação escrita por um dos roteiristas de Rick & Morty, Mike McMahan. Trata-se de Star Trek: Lower Deck, uma comédia sobre uma equipe secundária que trabalha em uma das naves da Frota Estelar.

A outra notícia é que a Disney tem em seus planos fazer um reboot de Piratas do Caribe com os roteiristas de Deadpool, Rhett Reese e Paul Wernick. A negociação ainda está em seus primeiros passos, mas especula-se que o produtor Jerry Bruckenheimer se mantenha como produtor da franquia cinematográfica.

A coluna faz votos que um dia os roteiristas tenham esse prestígio no Brasil. “Ah, mas com autor de novela já é assim!”. Tá, mas quero isso pra roteiristas de séries e filmes nacionais de sucesso. “Ah, mas pra isso tem que ter séries e filmes nacionais realmente de sucesso, né?”. Tá, mas já temos coisas legais sendo feitas aqui, com qualidade e boas bilheterias e audiências, mas só se fala do diretor ou do elenco. “Ah, mas será que os roteiristas no Brasil são assim tão bons?”. Tá, não enche o saco.

Sem Defesa

Há duas semanas, a coluna foi escrita antes de divulgarem o cancelamento de Punho de Ferro na Netflix, no mesmo dia da publicação. Semana passada, a coluna foi escrita antes de divulgarem o cancelamento de Luke Cage, no mesmo dia da publicação. Tô até temendo por Jessica Jones hoje.

Com isso, fica cada vez mais difícil pensar na explicação do fim da segunda temporada de Punho de Ferro em uma segunda temporada de Os Defensores. Até tem gente sonhando com uma nova série reunindo Luke, Punho, Misty Knight e Colleen Wing: Heróis de Aluguel, como nos quadrinhos. Mas sinceramente, sonhar com isso é o mesmo que sonhar que a petição para voltar com Luke Cage vai dar certo. Se você é daqueles que acreditam em viradas, taí o link para pedir pela volta do Herói do Harlem: https://www.change.org/p/netflix-bring-back-luke-cage .

Detonando

Coluninha curta esta semana. Vamos fechando com um trailerzinho novo pra relaxar. Na verdade, nem é tão novidade assim, pois poucas cenas são inéditas nesse novo trailer internacional de WiFi Ralph, que saiu esta semana. O destaque é uma referência a Zootopia. Taí:

É isso. Boa eleição para vocês. E lembrem-se de que nem todo capitão é Steve Rogers, Mar-Vell, Carol Danvers ou Brian Braddock. #pas

Ulisses Mattos

Por: Ulisses Mattos

Ulisses Mattos é roteirista de humor na TV, um dos criadores do Alta Cúpula, do @na_Kombi e da websérie Épica das Galáxias. É membro do trio nerd Três Elementos e faz stand-up comedy. Escreveu sobre cinema no Jornal do Brasil e nos sites da Veja e Abacaxi Voador

2018-10-26T19:18:07+00:00 26 de outubro de 2018|1 Comentário
  • Roberto Hunger Junior

    Lower Deck tem tudo pra ser um sucesso. Lembro que nos anos 90 Peter David escreveu uma série de 12 edições baseada na série clássica de Star trek, e em uma das edições ele brincou muito com os episódios de humor da série original e foi super divertido. Uma série de humor neste universo é um prato cheio para brincar com tudo de absurdo que as séries originais deixaram de legado, e sem ofender ninguém…
    https://uploads.disquscdn.com/images/a980b8f154190614065da1a09bc0928b76b2c259ee68eec1a705cd6451e95b01.jpg