SUPER GIRO #51

Vai ou Fica

A notícia da semana foi a possível saída do ator Henry Cavill do universo DC. O Hollywood Reporter ficou sabendo de uma negociação frustrada entre a Warner e o ator de Superman e mandou na lata que Cavill estava largando o papel. Só que já estão falando que as conversas, que se complicaram quando o empresário do artista pediu mais grana e poder de decisão para seu cliente, ainda não terminaram. E até o próprio Cavill se manifestou sobre os boatos com um vídeo meio nada a ver no Instagram:

Visualizar esta foto no Instagram.

Today was exciting #Superman

Uma publicação compartilhada por Henry Cavill (@henrycavill) em


Ninguém entendeu exatamente o que isso quis dizer. A coluna tem sua interpretação, a mais completa, sem dúvidas. Reparem que ele está com uma camisa da “equipe de levantamento de peso de Krypton”. E ele começa a levantar um boneco do Super-Homem. Cavill disse ali que ser o personagem é um peso que ele precisa suportar. E tem mais! O boneco está na caixa. Ou Cavill está se sentindo aprisionado ou é, provavelmente, uma referência ao filme Superman 2, no qual o Homem de Aço fica dentro de uma câmera para perder seus poderes e virar humano.

Cavill está lançando um apelo silencioso, pedindo para deixar de ser o Superman e viver como uma pessoa comum. E tem mais! Quem faz o Superman no tal filme da mensagem cifrada é o ator Christopher Reeve, que ficou paraplégico ao cair de um cavalo. Cavill, ao se comparar com Reeve, diz que se sente paralisado, também vítima de acidente que envolve um cavaleiro. Qual foi o filme em que o Superman de Cavill foi mais atacado? Sim, Batman vs Superman. E Batman é… Exatamente! Batman é o Dark Knight, o cavaleiro das trevas. Naquele filme, um “cavaleiro” fez com que Cavil se sentisse paralisado na carreira.

Apenas um artista como Henry Cavill é capaz de dizer tantas coisas em tão poucos segundo.

Por isso a coluna aposta realmente na partida de Cavill. Que ele seja livre para voar em outros papeis, como o promissor The Witcher. Até porque não temos ideia de quando haverá um novo filme do Superman ou da Liga da Justiça. E este é um personagem grandioso demais para apenas fazer ponta em filme de Shazam!.

Um Novo Filho de Krypton?

É claro que já começaram a especular quem seria o novo Superman dos cinemas. E vieram com altos papos sobre Michael B. Jordan, o Killmonger de Pantera Negra ser um candidado ao papel. Ele estaria inclusive nos planos da Warner para um recomeço do Superman nos cinemas. O designer Bosslogic já até soltou uma imagem de como o ator ficaria como o Homem de Aço, já sem bigode:

Visualizar esta foto no Instagram.

Val-Zod @michaelbjordan #superman Thought I’d have some fun with the rumour 🙂 Now back to work…

Uma publicação compartilhada por Bosslogic (@bosslogic) em

Um Superman negro? A coluna não aprova. Vejam bem, eu considero que vários personagens podem e devem ter sua etnia trocada nos quadrinhos. Recentemente, falei aqui e em um vídeo dos Três Elementos que Estelar negra é super ok. James Bond negro também é tranquilo. Na DC, acho que poucos personagens causariam estranheza com etnia mudada. Por que não um Flash negro? Shazam negro também tá beleza. Na Marvel, acho que pouquíssimo heróis trariam exclamações se transformados em negros. Um deles seria o Thor. Achei genial haver várias etnias em Asgard no MCU. Assim, um Heimdell negro não é um absurdo. Mas dificilmente o povo viking, ao ver um Thor negro lutando em suas terras séculos atrás, o representaria como branco por esse tempo todo. Tá, temos Jesus Cristo louro em pinturas, mas são representações de povos que não testemunharam sua caminhada pela Terra. Um Steve Rogers negro eu também acharia estranho, pois os EUA eram bem racistas na Segunda Guerra, com os negros quase sempre servindo em batalhões à parte. Dificilmente iriam escolher um negro para receber o soro do Supersoldado naquela época. E se o tivessem feito, a sociedade americana seria diferente (e melhor) diante de um herói de guerra como o Capitão América sendo negro.

É aí que quero chegar com o Superman negro. Se krytonianos fossem negros, a revelação de um ser superior de pela escura mudaria nosso mundo. O racismo sofreria um baque forte. Acho que só vale tornar Clark Kent negro se for para contar uma história sobre como o mundo é diferente nas questões étnicas graças a sua existência. Mas simplesmente colocar o personagem como negro e fingir que isso não muda nada é bem esquisito.

Mas esquisito mesmo é o Superman de Nicholas Cage, claro. Alguns fãs mais debochados voltaram a falar sobre essa possibilidade, zoando com o velho projeto Superman Lives, de Tim Burton. O ator acabou se manifestado sobre o papo, em uma entrevista ao Indie Wire. Ele disse que até aceitaria o papel, mas que não está mais muito chegado nos grande estúdios, pois sua carreira foi para um caminho diferente. Provavelmente, não teremos então nada como isso nas telas:

Zumbizada

E por falar em coisas vindo do mundo dos mortos, The Walking Dead lançou um novo teaser pra esquentar a chegada da nona temporada:

Prima do He-Man

E por falar em coisas vindo do mundo dos mortos de novo, saiu também o primeiro teaser do novo desenho de She-Ra, da Dreamworks, que estreia em novembro na Netflix:

Legal. Mas ainda curto mais a Teela.

Ulisses Mattos

Por: Ulisses Mattos

Ulisses Mattos é roteirista de humor na TV, um dos criadores do Alta Cúpula, do @na_Kombi e da websérie Épica das Galáxias. É membro do trio nerd Três Elementos e faz stand-up comedy. Escreveu sobre cinema no Jornal do Brasil e nos sites da Veja e Abacaxi Voador

2018-09-15T13:05:32+00:00 15 de setembro de 2018|8 Comentários
  • Bruno Messias

    Será que nesse novo desenho da She-Ra vão manter a pegada de revolução? Adora era general da resistência contra a Horda, isso era bem legal.

    Sobre o Superman: taí, gostei do argumento sobre a razão do Superman não poder ser negro. Mas seria interessante se ele fosse negro e toda essa questão fosse levada em conta! Mas não acho que cabe num filme. Nos quadrinhos talvez gerasse um bom elseworlsds.

    • Torcendo pra She-Ra ainda ter essa coisa de ser da resistência. Dava um verniz legal, um contra-pronto ao mundo do He-Man, que era da realeza. Cheguei a usar essa história aí num trabalho da faculdade, forçando a barra pra dizer que a trama poderia representar o caso dos Contras na Nicarágua.

      Que bom que vc compreendeu meu argumento sobre o Superman negro. Estava com medo de ser chamado de racista pelo meu raciocínio. Um Elseworlds seria bem indicado, sim. Seria algo parecido com Entre a Foice e o Martelo.

  • Jean Carlos

    Pena o Henry Cavill sair da franquia eu acho que ele não tem culpa dos fracassos da DC, e também concordo que não cairia bem um ator negro para esse papel, a não ser eles fizessem como o Miles Morales na Marvel, uma morte do Superman e surgisse um novo Kryptoniano,mais pra ser Clark Kent seria mais uma cagada da DC.

    Agora estou curioso para o fechamento de The Walking Dead, já estou até pensando em começar a colecionar os quadrinhos.

    • Sim, uma morte do Clark com o surgimento de um novo Superman, negro, e o impacto disso na nossa sociedade eu acho maneiro.
      Walking Dead eu tô já na expectativa, mas acho que a série não vai sobreviver sem o Rick.

  • Ricardo Varotto

    Será que o Cavill realmente quis deixar todas essas mensagens nas entrelinhas? 🤔

  • Eu ainda acho que ele estava anunciando um filme épico do Kripto, o Supercão!

    • Roberto Hunger Junior

      fez mais sentido pra mim.

    • Kadu realmente pensou fora da caixa do brinquedo. : )