Super Giro #05

Início/Leia!/Super Giro/Super Giro #05
Caverna do Caruso - Super Giro #05

A Marca da Pantera
A não ser que ache que os trailers estão contando demais as histórias, você já deve ter visto o vídeo mais bombado da semana entre os entusiastas do mundo nerd. Pantera Negra impressiona com bons efeitos e ótimas cenas de ação. Legal também é como Wakanda é retratada. Digamos que um turista quisesse visitar Asgard e tivesse seu visto negado. Com certeza o agente de viagem falaria “Temos uma bela alternativa, senhor: Wakanda. O MCU fez o país africano quase tão fantástico quanto a terra natal de Thor! Vale conferir! Parcelamos em 12 vezes no cartão!”.

É claro que um elenco predominantemente de atores negros já deu coceiras em alguns conservadores. Mas do outro lado do espectro ideológico, foi só alegria. Patty Jenkins, diretora de Mulher Maravilha, o primeiro bom longa protagonizado por uma super-heroína (Elektra e Mulher Gato não são exatamente heroínas e definitivamente não estão em bons filmes), tuitou entusiasmada sobre o vídeo da empresa concorrente. Só faltou dizer “É nós aí quebrando o reinado do homem branco nos filmes de super-heróis! Uhu!”.

Antes de Onze
Outro vídeo que tornou a semana mais empolgante foi a brincadeira da Netflix para promover a segunda temporada de Stranger Things. Depois de contarem com Valeska Popozuda, Gretchen e Inês Brasil para divulgar outras produções, desta vez a plataforma de streaming veio com a personagem Chiquinha, de Chaves, vivida pela própria atriz mexicana María Antonieta de las Nieves. E, de quebra, dublada pela brasileira Cecília Lemes, dona da voz da menina na versão brasileira.

Tá bom que a Chiquinha não é exatamente bonita e atriz já não é jovem. Mas foi meio forte chamarem o vídeo de Bagulhos Sinistros. Ah, não era uma referência à personagem? Foi mal. A coluna às vezes faz uma análise apressada e maldosa. Não vai mais acontecer.

“Tem que Acabar a Justiça”
Juro que a coluna não é patrocinada pelo Netflix, mas preciso falar de outro vídeo deles. Justiceiro teve um novo trailer esta semana, com data de lançamento da produção definida para 17 de novembro:

Sempre bom ver Karen Page nas tramas. Desde que não mude de intérprete. Deborah Ann Woll atua bem em cenas sangrentas desde True Blood.

Mal na foto
E o filme da Liga da Justiça não para de atiçar a ansiedade dos fãs. Esta semana lançaram um novo pôster. Só que muita gente criticou na internet, falando que a arte era meio mulamba e até muito colorida pro estilo DC. Zoaram também o slogan que meteu o símbolo da mulher maravilha na palavra “mundo”, forçando a barra para ele servir de M em vez de W, como no pôster original. Além disso, tá rolando uma comparação entre a arte e a da paródia pornográfica anunciada mês passado:

Caverna do Caruso - Liga da Justiça

Você não pode salvar o mundo sozinho. Mas dá pra fazer outras coisas vendo o filme de Axel Braun sozinho.

Solo
E por falar em sozinho, saiu o título do filme solo do Han Solo. O nome será… Solo. É, só isso. Quer dizer, tem um subtítulo meio bobo junto: “A Star Wars Story”.

Caverna do Caruso - Solo

Agora com direção de Ron Howard, o filme será lançado em 25 de maio de 2018.

Jumanjiando
Reportagens na imprensa americana indicam que o prestigiado jogo de tabuleiro Catan, lançado no Brasil pela Grow, pode virar um filme. O produtor Gail Katz estaria tão entusiasmado com a possibilidade que já pensa até em uma franquia. Esperamos um resultado mais legal que a adaptação do jogo Batalha Naval, que deu no fraco Battleship. Se der certo, aposto que rola uma corrida pra adaptar outros jogos pra tela. Minha sugestão pra próximo filme seria Forbidden Island. E a sua?

2017-11-06T13:04:05+00:00 20 de outubro de 2017|31 Comentários