Noite na taverna - Álvares de Azevedo - Marcel Bartholo

Um dos mais famosos textos de Álvares de Azevedo, agora em uma edição de luxo em quadrinho, adaptado por Marcelo Bartholo.

Uma adaptação à altura do conto

O mundo dos quadrinhos nacionais vem sendo agraciado com excelentes adaptações e Marcel Bartholo é um dos nomes envolvidos nesse processo ao trazer sua visão de Noite na Taverna, de Álvares de Azevedo

Noite na taverna - Álvares de Azevedo - Marcel Bartholo

Noite na taverna – Álvares de Azevedo – Marcel Bartholo

Publicação de luxo da Ateliê da Escrita Editora, o álbum vem em capa dura e com alguns paratextos muito interessantes. Além de explicar a obra, eles trabalham a relação dos quadrinhos na literatura. Ou seja, a obra é rica não só pela história, mas também pelos extras. 

Um olhar preciso sobre Noite da Taverna

Posso facilmente pensar no orgulho que Álvares de Azevedo sentiria ao ver sua obra mais famosa, Noite na Taverna, adaptada em quadrinhos neste encadernado inegavelmente fantástico.

Mas o que eleva esta adaptação ao patamar de obra prima está no trabalho de Marcel Bartholo, não apenas com a arte, mas também com a adaptação do conto. Um trabalho solo impecável que nos dá uma pequena dimensão do talento deste artista grandioso. Para quem ainda não conhece seu trabalho, o que é uma falha grave, indico ler as resenhas que fizemos de suas obras, clicando aqui

Noite na Taverna traz uma narrativa moldura onde durante um encontro boêmio, seis amigos se revezam contando histórias terríveis. Cada um afirma que a sua é certamente a mais escabrosa. Assim, Solfieri, Bertram, Gennaro, Claudius Hermann, Arthur e Johann vão a cada momento contando suas peripécias. 

O traço de Bartholo, inconfundível e carregado de expressão, neste encadernado galgou novos patamares. O artista opta, inteligentemente devo pontuar, por dar a cada um dos personagens principais um estilo de traço único. Esta decisão afortunada dá ao leitor um conforto incrível ao perceber a mudança não apenas do narrador, como também da tônica da conversa. 

Ademais, este encadernado se torna um bálsamo aos amantes dos quadrinhos, aos adoradores de Álvaro de Azevedo e aos amantes da literatura nacional. 

Considerações finais 

Em suma, acompanhar o trabalho de Marcel Bartholo é um prazer. A cada trabalho, e não são poucos, sua técnica se aprimora e quem ganha somos nós. 

Se me perguntar, deixo aqui meu testemunho de que ele está na lista dos melhores artistas do terror nacional, com uma assinatura visual impactante e que agora mostra sua habilidade textual. 

Aposte sempre nos talentos nacionais e busque suas obras. Ler esta versão de Noite na Taverna em quadrinhos é uma honra enorme e fico me perguntando porque não é adotado em escolas deste país. Certamente o jovem iria assimilar melhor obras mais antigas enquanto ganha maturidade de leitura. 

Já tinha visto esta adaptação em quadrinhos? Me conta aí…

Tô LendoAlgumas imagens!
Noite na taverna - Álvares de Azevedo - Marcel Bartholo
Noite na taverna - Álvares de Azevedo - Marcel Bartholo
Noite na taverna - Álvares de Azevedo - Marcel Bartholo
Noite na taverna - Álvares de Azevedo - Marcel Bartholo
Noite na taverna - Álvares de Azevedo - Marcel Bartholo
Noite na taverna - Álvares de Azevedo - Marcel Bartholo

Gostou de ver uma obra clássica como Noite na Taverna, adaptada para quadrinhos? Me diz ai o que achou…

Daniel Braga

Por: Daniel Braga

Pai de uma mulher, nerd, analista de sistemas especializado em infraestrutura, poeta, board game designer e sommelier de cervejas. Adora jogar board games e ouvir jazz anos 30/40, Dead Can Dance e rock and roll. Curte muito o gênero de horror e tudo relacionado, principalmente as boas leituras como Lovecraft, Blackwood, Machen e muitos outros.