SEXTA-FEIRA 13 #37 – Piteco – Ingá

Início/Destaques, Leia!, Sexta-feira 13/SEXTA-FEIRA 13 #37 – Piteco – Ingá
Piteco Ingá - Shiko - Graphic MSP - Panini Editora

Uma antiga profecia não poderia ter o poder de separar aqueles que são verdadeiros amigos!

A cada Graphic MSP uma surpresa

Terminar de ler Piteco – Ingá, roteirizada e desenhada por Shiko, foi realmente incrível. As leituras das Graphic MSP, lançamentos da Editora Panini, tem essa capacidade. São releituras interessantes demais sobre personagens queridos e cheios de lembranças para muitos leitores.

Piteco Ingá - Shiko - Graphic MSP - Panini Editora

Piteco Ingá – Shiko – Graphic MSP – Panini Editora

Piteco sobre um olhar espetacular 

Misturando o universo ficcional primitivo de Maurício de Souza com um sobrenatural primevo, a história Piteco – Ingá é simplesmente fantástica. 

Temos aqui a narração de uma mudança, predita por uma lenda antiga. O rio secou e agora é tempo de procurar novas terras, Os homens primitivos entendem o respeito ao meio ambiente, portanto não o enfrenta. Temos, já neste ponto, uma lição de vida. 

O que o Povo de Lem não contava é que Thuga seria sequestrada por outras tribos. Deste ponto em diante a aventura ganha rumo. O protagonista Piteco divide seus holofotes com seus amigos Ogra e Beleléu. Vale salientar aqui um ponto positivo do trabalho em equipe, onde todos, independente do gênero, fazem diferença. Maravilhoso perceber as entrelinhas ensinadas através de uma sociedade, onde todos são igualmente importantes. 

A aventura é repleta de perigos reais e fantásticos, apresentados de uma maneira muito natural. Isto cria uma noção de que estes elementos estão inseridos de alguma forma no mundo daqueles seres humanos. Tudo colocado com muito cuidado e precisão. Vontade de saber mais sobre este mundo enorme que se apresenta.

Ao final, fomos presenteados com uma reflexão poderosa. Em tempos de tanta polarização e separação, esta história se mostra extremamente lúcida e educativa.

Considerações finais

Não só explorar o potencial de Piteco foi incrível, como também adicionar em seu mundo camadas de misticismo, tão reais e possíveis, que fazem o leitor ir longe em seu pensamento. 

Um exemplar excelente da coleção Graphic MSP, que espero tenha continuação. Fiquei imaginando onde mais o Piteco se aventuraria. 

Boa leitura!

Tô LendoAlgumas imagens!
Piteco Ingá - Shiko - Graphic MSP - Panini Editora
Piteco Ingá - Shiko - Graphic MSP - Panini Editora
Piteco Ingá - Shiko - Graphic MSP - Panini Editora
Piteco Ingá - Shiko - Graphic MSP - Panini Editora
Piteco Ingá - Shiko - Graphic MSP - Panini Editora
Piteco Ingá - Shiko - Graphic MSP - Panini Editora

Desta vez o terror é um tempero dentro da aventura. Fomos longe no passado desta vez. E ai, curtiu? Comenta abaixo e vamos conversar.

Daniel Braga

Por: Daniel Braga

Pai de uma mulher, nerd, analista de sistemas especializado em infraestrutura, poeta, board game designer e sommelier de cervejas. Adora jogar board games e ouvir jazz anos 30/40, Dead Can Dance e rock and roll. Curte muito o gênero de horror e tudo relacionado, principalmente as boas leituras como Lovecraft, Blackwood, Machen e muitos outros.

2020-11-06T20:58:13+00:00 6 de novembro de 2020|0 Comentários