SEXTA-FEIRA 13 #20 – Demônios da Goetia em Quadrinhos

Início/Destaques, Leia!, Sexta-feira 13/SEXTA-FEIRA 13 #20 – Demônios da Goetia em Quadrinhos
Os Demonios da Goetia em Quadrinhos - Organizado por Raphael Fernandes - Editora Draco - Caverna do Caruso - Coluna Sexta Feira 13 - Daniel Gárgula

Um antigo sistema de magia que deveria ser esquecido mas que alguns tolos buscam usar!

Falando de monstros

O mundo do horror abrange todo tipo de monstros e abominações. Muitos têm nomes próprios e são bem famosos como Drácula e Frankenstein porém outros vivem apenas em suas classes simplórias como fantasmas e zumbis. Existem entretanto aqueles que além de figurar no imaginário popular pela sua classe são muitas vezes conhecidos por seus nomes estranhos, malditos e temidos: os demônios!

Os Demonios da Goetia em Quadrinhos - Organizado por Raphael Fernandes - Editora Draco - Caverna do Caruso - Coluna Sexta Feira 13 - Daniel Gárgula

Os Demônios da Goetia em Quadrinhos – Organizado por Raphael Fernandes – Editora Draco

Os demônios representam de muitas formas as fraquezas humanas no seu exagero máximo. Buscam iludir e aprisionar os mais incautos e desesperados através de pactos e mentiras. Acabam por personificar o ditado Escolhas são renúncias visto que normalmente os acertos de contas são em sua maioria bastante ruins aos tolos que aceitaram seus pactos.

Ars Goetia

Vale comentarmos um pouco mais sobre a Goetia ou Ars Goetia que aparece no título. Ela é a lenda de um sistema mágico que trata da invocação e manipulação de 72 demônios infernais. Foi criada por Salomão que inclusive a usou para a construção de seu famoso templo. A Goetia é a parte central das histórias deste volume e faz uma ligação mística com o inferno judaico-cristão-islâmico muito usado ou referenciado em livros, quadrinhos, séries e filmes.

Os Demonios da Goetia em Quadrinhos - Organizado por Raphael Fernandes - Editora Draco - Caverna do Caruso - Coluna Sexta Feira 13 - Daniel Gárgula

Os Demônios da Goetia em Quadrinhos – Organizado por Raphael Fernandes – Editora Draco

As histórias de Demônios da Goetia

Nesta atmosfera de desespero e medo oito histórias nos são apresentadas. Todas possuem traços absolutamente próprios usando sempre o vermelho como detalhe sobre o preto e o branco.

Ficam como destaque as artes de:

  • Daniel Canedo na história Arapuca –  Me lembrou muito algumas artes dos Livros da Magia o que me impressionou bastante.
  • Kaji Pato na história Colônia – consegue impressionar pela simplicidade no traço e te mostrar a loucura da forma mais peculiar possível.

Dos vários enredos gostei muito das seguintes histórias:

  • Arapuca com roteiro do próprio Raphael Fernandes – desespero alimenta esses seres infernais tanto quanto almas dos mortos. A vida pode ser a grande armadilha final!.
  • YHVH com roteiro de Alexey Dodsworth – o papel de demônios e anjos se mostra nessa história como uma intrincada paleta de cinza, muito diferente do preto e branco que estamos condicionados a pensar. Incrível realmente!
  • Colônia com roteiro de Tiago P. Zanetic – uma história que mostra como a utilização da Goetia é muito perigosa. Boas reviravoltas e um final bem legal! 
  • O Jogo com roteiro de Antonio Tadeu – uma visão completamente nova sobre o grande jogo de poder entre céu e inferno. 

Estamos falando de histórias de pessoas falhas, desesperadas, frustradas e pode somar  alguns péssimos adjetivos. Eles estão no limite e através da Goetia buscam poder ou uma solução para problemas de suas vidas. O problema é que a maldita arte, quando feita da maneira incorreta obviamente dá absurdamente errado.

Conclusões finais 

Toda sorte de infortúnio você vai encontrar nesses contos, alguns inclusive bastante horríveis e podendo embrulhar os estômagos mais sensíveis. Não é uma leitura para qualquer um pois a arte é sim perturbadora em alguns momentos – e tem de ser mesmo! Eu curti e deixo aqui uma diferente opção de horror.

Os Demonios da Goetia em Quadrinhos - Organizado por Raphael Fernandes - Editora Draco - Caverna do Caruso - Coluna Sexta Feira 13 - Daniel Gárgula

Os Demônios da Goetia em Quadrinhos – Organizado por Raphael Fernandes – Editora Draco

Raphael Fernandes foi quem organizou Demônios de Goetia, lançado em 2017 pela Editora Draco.  Este volume fecha uma série de três volumes organizados também por Raphael sendo eles O Rei Amarelo (lançado em 2015 e que resenhei aqui em meu blog) e O despertar de Cthulhu (lançado em 2016).

Uma coleção que vale ter na estante. Comece por qualquer um dos títulos pois não existe uma ordem. Esse pode ser uma excelente opção com certeza. 

Boa leitura!

Tô LendoAlgumas imagens!
Os Demonios da Goetia em Quadrinhos - Organizado por Raphael Fernandes - Editora Draco - Caverna do Caruso - Coluna Sexta Feira 13 - Daniel Gárgula
Os Demonios da Goetia em Quadrinhos - Organizado por Raphael Fernandes - Editora Draco - Caverna do Caruso - Coluna Sexta Feira 13 - Daniel Gárgula
Os Demonios da Goetia em Quadrinhos - Organizado por Raphael Fernandes - Editora Draco - Caverna do Caruso - Coluna Sexta Feira 13 - Daniel Gárgula
Os Demonios da Goetia em Quadrinhos - Organizado por Raphael Fernandes - Editora Draco - Caverna do Caruso - Coluna Sexta Feira 13 - Daniel Gárgula
Os Demonios da Goetia em Quadrinhos - Organizado por Raphael Fernandes - Editora Draco - Caverna do Caruso - Coluna Sexta Feira 13 - Daniel Gárgula
Os Demonios da Goetia em Quadrinhos - Organizado por Raphael Fernandes - Editora Draco - Caverna do Caruso - Coluna Sexta Feira 13 - Daniel Gárgula

Hoje descemos fundo para buscar uma dica digna de uma leitura aterradora! Gostou? Curtiu? Deixa seu comentário e vamos conversar enquanto ainda não ouvimos sussurros!

Daniel Braga

Por: Daniel Braga

Pai de uma mulher, nerd, analista de sistemas especializado em infraestrutura, poeta, board game designer e sommelier de cervejas. Adora jogar board games e ouvir jazz anos 30/40, Dead Can Dance e rock and roll. Curte muito o gênero de horror e tudo relacionado, principalmente as boas leituras como Lovecraft, Blackwood, Machen e muitos outros.

2020-02-14T14:34:17+00:00 14 de fevereiro de 2020|0 Comentários