NAS PRATELEIRAS #90 – O Xerife da Babilônia

Início/Destaques, Leia!, Nas Prateleiras/NAS PRATELEIRAS #90 – O Xerife da Babilônia

O assunto do momento é a tensão entre os EUA e Irã, mas não é a primeira vez que o clima entre a América e o Oriente Médio fica ruim. Em 2003, por exemplo, a queda do presidente iraquiano mudou a história do país e o resultado desse evento gerou essa grande história em quadrinhos que temos aqui.

Desde que me lembro por gente, Irã, Iraque, Golfo Pérsico e Oriente Médio aparecem nos jornais envoltos em guerra e tensões que poderiam desencadear uma nova Guerra Mundial. Lembro até hoje de assistir na TV imagens da Guerra do Golfo transmitidas como um reality show para o mundo, tínhamos cards colecionáveis de veículos militares da Operação Tempestade no Deserto e este evento que chegava pelas ondas de rádio ao mundo todo era visto com tensão, mas também com um certo conforto pela distância que estávamos daquilo.

Em 2003, tivemos a Guerra do Iraque onde o governo iraquiano foi acusado de possuir armas de destruição em massa tendo como resultado a retirada do poder o presidente iraquiano Sassam Hussein, preso, condenado a morte e com nenhuma arma de destruição em massa encontrada. Porém, essa invasão ao Iraque, iniciada em março não durou apenas até o fim do ano, quando o presidente foi capturado, mas sim pelos próximos oito anos.

O primeiro encadernado leva o itulo de “Bang. Bang. Bang” e o segundo de “Pow. Pow. Pow.”

Agora, imagina você, na sua casa, passando por várias guerras desde a década de 80, tendo a estrutura política e econômica do seu país desmoronada da noite para o dia, de novo! Agora que chegamos em O Xerife da Babilônia!

The Sheriff of Babylon, no título original, conta a história de um soldado americano no Iraque após o início da instauração do novo regime democrático coordenadas pelos EUA e tropas da coalizão. Christopher Henry, policial da Califórnia, é convocado para a região para treinar policiais iraquianos quando um de seus alunos é morto, porém ele é a única pessoa que parece estar interessado em entender o motivo da morte.

Mostrando a diferença entre a Zona Verde (Green Zone), controlada pelos EUA, e as ruas de Bagdá, vamos acompanhando Chris nesse mundo de terror e conspiração diferente de tudo do que se é mostrado na TV. Temos três pontos de vista na história: além do policial, temos Sofia, iraquiana de grande influencia criada nos EUA, e Nassir, investigador iraquiano que teve sua família morta pelos ataques americanos, onde suas histórias se cruzam em vários momentos.

Caverna do Caruso - Xerife da Babilonia - Tom King - Pagina 2

Todo trabalho do Tom King tem algumas paǵinas de diálogo como numa conversa com o leitor.

O argumento é do Tom King, um dos roteiristas mais famosos da atualidade, vemos toda sua forma de contar história se iniciando aqui, antes de atingir o sucesso com Senhor Milagre, Visão e Batman. King foi oficial da CIA e atuou no Iraque como agente de inteligência, o que claramente o inspirou para escrever a história do Xerife da Babilônia.

Já o dono da arte é Mitch Gerads, em seu primeiro trabalho com Tom King, que viria a se repetir em Senhor Milagre e em Heróis em Crise.

É uma HQ voltada para o público adulto, claramente, com muita violência, nudez, socos no estômago, tramas políticas… já falei em violência? Mesmo assim, é muito bem escrita, desenhada e te deixa preso até o fim. Lembro que logo nas primeiras páginas eu tomei um susto, sabe filme que acontece algo inesperado do nada? Só que, aparentemente, não deveria acontecer nos quadrinhos que você tem a página inteira na sua frente. Bem marcante.

Vale lembrar que o título originalmente foi publicado pela Vertigo da DC Comics. O único problema, e uma crítica, é que a Panini PRECISA relançar este material no Brasil que tá esgotadíssimo! Material esgotado no Brasil e as pessoas precisam ler isso seu Panini!

Tô Lendovantagens
  • Difícil pontuar todas as qualidades dessa HQ, mas podemos começar com ótimo roteiro e arte.
  • Um tema antigo, mas sempre atual, não é mesmo?
  • História que faz a gente pensar além de entreter.
Tô Lendodesvantagens
  • Está esgotado no Brasil há um ano, mas não vamos deixar assim por mais tempo e vamos pedir para a Panini uma nova edição!

E já que é o primeiro post do ano: feliz ano novo! Muitos quadrinhos e ótima leitura por 2020! Continue por aqui que toda semana tem novidades!

Tiberio Velasquez

Por: Tibério Velasquez

Analista de sistemas por profissão, integrante do Conselho Jedi do Rio de Janeiro, Tibério também é fotógrafo, turista, iPhoner e colecionador. Curte de tudo: filmes, músicas, livros, séries, peças teatrais, jogos e quadrinhos. Nerdices à parte, assiste sempre MMA, NFL, Rugby, NBA, MLB, futebol, e tenta não deixar a prática de esporte de lado.

2020-01-10T01:27:52+00:00 9 de janeiro de 2020|0 Comentários