NAS PRATELEIRAS #76 – Bill Finger: A História Secreta do Cavaleiro das Trevas

Início/Destaques, Leia!, Nas Prateleiras/NAS PRATELEIRAS #76 – Bill Finger: A História Secreta do Cavaleiro das Trevas

Hoje o nome Bill Finger é mundialmente conhecido ao lado de Bob Kane como co-criador do Batman, mas nem sempre foi assim. Finger morreu sem reconhecimento de seu trabalho e muitas águas rolaram desde o surgimento do personagem em 1939. Chegou a hora de você conhecer a história de um dos maiores autores de todos os tempos.

Bill Finger: A História Secreta do Cavaleiro das Trevas foi lançada inicialmente como um projeto no Catarse e seu financiamento se encerrou há apenas dois meses, porém já existia a previsão da sua publicação pela desconhecida Skript Editora. Hoje você acha na Amazon.br sem problemas.

A HQ, dita como a biografia em quadrinhos de um dos criadores do Batman, escrita e editada por Diego Moreau e Douglas Phillips Freitas, ela conta a história da vida de Finger desde criança, passando rapidamente pela sua infância e focando principalmente na sua vida adulta, relacionando suas criações à momentos histórico. Ao mesmo tempo que vamos acompanhando seus relacionamentos, seus trabalhos, de onde ele tirava suas ideias e suas principais influências, temos em paralelos os acontecimentos mundiais (como a segunda grande guerra) que atingiram diretamente na vida do autor e, claro, mudaram o mercado de quadrinhos em geral.

Poderia ser o Batman, mas era Bill Finger quando criança

O legal é ver este panorama geral do mundo pelos anos e mostrar também que quadrinhos não se escrevem sozinhos: temos em alguns momentos a participação de outros grandes autores como Eisner, Kirby, Stan Lee e grandes nomes da nova arte. Na verdade temos por toda a revista um pouco do surgimento de todos os heróis da Era de Ouro.

Eu, que conhecia muito pouco a história do Bill Finger, fiquei bastante curioso para saber ainda mais. Parte das influências mostradas na criação já conhecia, mas muitos detalhes foram tão interessantes que parecia terem saído de um conto de ficção. Pelo trabalho de pesquisa: nota 10.

Só tiveram dois pontos que não tiram o mérito da obra, mas que valem citar: a parcialidade em colocar o Bob Kane como vilão a todo momento e as idas e vindas no tempo que deixava confusa o tempo em que os acontecimentos ocorreram. Por outro lado, intercalar diálogos com narração, como um documentário, ficou bem legal. No mais, uma grande viagem pelo passado do meu herói favorito.

Praticamente um workaholic

A arte de Sandro Zambi ajuda na história e tem muitos detalhes, referências e easter eggs que fazem você voltar para ler novamente prestando mais atenção na segunda vez.

Com pitadas de alegria e tristeza. Vale a leitura.

Tô Lendovantagens
  • O material bem legal de origem nacional.
  • Importante termos espaço para mais materiais do gênero no mercado… “quadribiografia”.
  • Bela arte e cores que segura bem e ajuda a contar a história, não está lá como coadjuvante dos balões.
  • No final da revista tem um glossário/curiosidades bem legais que acrescentam bem à história, não deixem de ler tudo.
Tô Lendodesvantagens
  • Mesmo achando fácil na Amazon, por exemplo, o custo poderia ser um pouco menor.
  • Uma melhor edição para ajustar a linhas temporal dos acontecimentos traria uma melhora grande.

Não saia daí sem deixar seu comentário! Conhecia o Bill Finger antes de seu nome surgir nas telas do cinema e tv? Bob Kane é o maior vilão do Batman? Você percebeu o dedo do Finger no personagem? 😉

Escreve aí!

Tiberio Velasquez

Por: Tibério Velasquez

Analista de sistemas por profissão, integrante do Conselho Jedi do Rio de Janeiro, Tibério também é fotógrafo, turista, iPhoner e colecionador. Curte de tudo: filmes, músicas, livros, séries, peças teatrais, jogos e quadrinhos. Nerdices à parte, assiste sempre MMA, NFL, Rugby, NBA, MLB, futebol, e tenta não deixar a prática de esporte de lado.

2019-08-22T14:25:20+00:00 8 de agosto de 2019|0 Comentários