NAS PRATELEIRAS #68 – O Casamento de Batman e Mulher-Gato

Início/Destaques, Leia!, Nas Prateleiras/NAS PRATELEIRAS #68 – O Casamento de Batman e Mulher-Gato

2018 foi um bom ano para a DC Comics. Apesar de ficar atrás no topo da lista de mais vendidos em meses que tivemos Amazing Spider-Man #800 ou o retorno do Quarteto Fantástico, tivemos Dark Night Metal, Doomsday Clock e, principalmente, a edição de Action Comics #1000 e de Batman #50. Foram eventos marcantes para a editora que este ano ainda chegou à sua edição de Detective Comics #1000.

Porém hoje vamos focar na tão badalada edição de O Casamento de Batman e Mulher-Gato, lá fora publicada em Batman #50 e, aqui no Brasil, no número 26 da revista mensal do personagem (finalmente!). A edição nacional veio com duas capas variantes além de outras nas últimas páginas da revistas, o que é bem legal. Junto também chegou às bancas a edição encadernada de Batman: Prelúdio do Casamento que reúne num só lugar algumas histórias que precedem diretamente o casório e coloca, a cada capítulo, frente a frente um inimigo e um aliado do morcego (e é de leitura quase que obrigatória para curtir mais o evento).

Todos os acontecimentos que nos levam até o casamento foram trabalhados por Tom King e cia desde o Rebirth. Aliás, que grande fase do Batman, não é a toa que King recebeu o Eisner Awards de melhor roteirista ano passado (dica de leitura: Batman Annual 2). O escritor consegue trabalhar o lado humano do Bruce Wayne como poucos e com certeza deixará sua marca entre os melhores artistas que passaram pelas páginas do homem-morcego.

Arte de Jim Lee que é a mesma usada na capa variante no Brasil

Além do Prelúdio do Casamento, se você não vinha acompanhando as histórias do homem-morcego, vale pegar pelo menos as últimas edições lançadas pela Panini. Mesmo que nelas o foco não seja no noivo, duas edições, por exemplo #23 e #25, dão uma passada pela vida da Selina Kyle nos preparativos da cerimônia (e são bem legais). Inclusive, tem toda uma história do Coringa “enciumado” e ensandecido por não ter recebido um convite.

A edição #50 em si é uma grande homenagem ao cavaleiro das trevas e seu relacionamento com a mulher-gato. A arte principal é do Mikel Janín, porém com participações dos principais nomes da DC de hoje e sempre, temos quase metade das páginas como referências e obras de outros artistas. Se contarmos também as capas variantes americanas, difícil uma revista de 50 páginas juntar tanta gente boa em um só lugar: José Luis García-López, Jason Fabok, Lee Weeks, Frank Miller, Andy Kubert, Paul Pope, Tim Sale, clay Mann, Joelle Jones, Amanda Conner e por aí vai.

Entre os artistas convidados, o brasileiro Rafael Albuquerque

Interessante que quase não temos diálogo e passamos páginas após páginas lendo os votos do Batman para a Mulher-Gato e vice-versa. É de arrepiar, mas já aviso que alguns fãs não curtiram o desfecho da história… eu? eu gostei e muito.

Aproveite a boa onda de quadrinhos e reboots que estão rolando (como falei aqui sobre Vingadores #1), dê um pulo nas bancas e boa leitura. Ah, não esqueça de levar o convite da festa.

Tô Lendovantagens
  • Um bela homenagem ao Batman retratado pelas mãos de diversos artistas: coisa linda!
  • Alegria ver esse material nas bancas, mesmo depois de quase um ano.
  • Mesmo que você não goste do fim, a jornada vale muito a pena.
  • Ponto positivo de termos algumas das capas variantes nas últimas páginas da revista.
Tô Lendodesvantagens
  • A crítica principal é sobre a demora entre o lançamento lá fora e aqui. Bem provável que muita gente já leu e até saiu do hype.
  • Enquanto lá fora o casamento foi realmente um evento, com edições especiais e tudo mais… aqui saiu numa edição qualquer e pode passar desapercebida facilmente.

E não vá embora sem deixar sua mensagem na caverna! Você vinha acompanhado a fase atual do Batman? Já leu o casamento? O que achou? Esperava algo diferente? Manda aí!

Tiberio Velasquez

Por: Tibério Velasquez

Analista de sistemas por profissão, integrante do Conselho Jedi do Rio de Janeiro, Tibério também é fotógrafo, turista, iPhoner e colecionador. Curte de tudo: filmes, músicas, livros, séries, peças teatrais, jogos e quadrinhos. Nerdices à parte, assiste sempre MMA, NFL, Rugby, NBA, MLB, futebol, e tenta não deixar a prática de esporte de lado.

2019-05-29T19:45:28+00:00 30 de maio de 2019|4 Comentários