NAS PRATELEIRAS #55 – Homem-Aranha: Miles Morales

Início/Destaques, Leia!, Nas Prateleiras/NAS PRATELEIRAS #55 – Homem-Aranha: Miles Morales

Se você não conhecia Miles Morales ou nunca leu as revistas do universo Ultimate da Marvel, chegou a hora! Homem-Aranha no Aranhaverso está nos cinemas do Brasil e é mais um daqueles filmes imperdíveis que aparecem de tempos em tempos! Apesar de ter adorado o filme, vou deixar para falar dele lá nos Podcrastinadores em algumas semanas, porque aqui Nas Prateleiras é a vez do #blocodequadrinhos!

No final dos anos 90 a venda de quadrinhos estava em baixa, pra piorar foi lançado no cinema o fiasco chamado Batman e Robin (que tinha um elego absurdo com George Clooney, Arnodão, Uma Thurman… mas executado de maneira desastrosa). Apesar disso a DC Comics liderava as vendas e a Marvel bem perto da falência. Foi então que Joe Quesada encontrou esse cara chamado Brian Michael Bendis que, junto a Mark Bagley, iniciaram o projeto que faria a Casa das Ideias ver uma luz no fim do túnel (e quem diria que essa equipe criativa se tornaria a mais duradoura da história da Marvel e uma das maiores de todos os tempos?).

Assim, em 2000, a Marvel Comics lançou Ultimate Spider-Man, primeira revista do selo Ultimate, posteriormente sendo conhecido como o universo 1610. Em seguida tivemos Ultimate X-Men (com Mark Millar), The Ultimates (que seriam os Vingadores dessa realidade) e por aí vai… fato que a Marvel não fechou as portas e podemos ver o resultado desse trabalho até hoje.

Caverna do Caruso - Homem Aranha Miles Morales - Peter Parker

Em um dos crossovers entre realidade, Miles Morales teve a oportunidade de finalmente conhecer o Aranha original

O Peter Parker dessa realidade viveu por onze anos até 2011 quando morreu na minissérie de cinco edições chamada de A Morte do Homem-Aranha. O que foi o fim para o fãs do Aranha Ultimate, deu início ao novo herói Miles Morales (sua estreia foi na quarta edição dessa série).

No mês seguinte ao fim da saga, Miles estreava em sua própria revista Ultimate Comics: Spider-Man que volta um pouco no tempo contando a origem de seus poderes, como chegou mudou de colégio, relacionamento com seus pais e o tio Aaron, tudo que foi visto no filme e um pouco mais, só que de uma forma um pouco diferente.

Curiosidade que, segundo Brian Michael Bendis, o personagem foi criado por uma série de eventos: Obama concorrendo as eleições presidenciais , se tornado o primeiro presidente negro dos EUA e a aparição de Donald Glover em Community com um pijama do Homem-Aranha que originou uma campanha online para que o ator interpretasse o personagem no filme que foi lançado em 2012.

Pensando melhor sobre sugestões de leituras dessa fase, não saberia o que tirar, “tudo é incrível” (leia cantarolando a música de Uma Aventura Lego). Além da revista citada anteriormente, é certo a leitura de Miles Morales: Ultimate Spider-Man e uma saga chamada Spider-Men que conta uma das vezes que os universos da Marvel colidem, o “nosso” Peter Parker vai para a Terra 1610 e Miles conhece um Peter pessoalmente pela primeira vez, recebendo inclusive a benção para ser o Homem-Aranha daquela realidade.

Em 2015 o universo Ultimate chegou ao seu fim com as Guerras Secretas, Morales conseguiu se esconder na nave da Cabala, para nossa sorte, e desde 2015 vive na realidade 616, a mesma que todos os heróis que conhecemos.

Mais uma vez Miles ganha sua revista mensal chamada simplesmente de Spider-Man enquanto Peter Parker reinicia a contagem em The Amazing Spider-Man. Agora, os dois Aranhas (sem contar Spider-Woman, Spider-Gwen, Spider 2099…) vivem no mesmo universo. Pudemos lê-las logo depois, em 2016, quando a Panini Comics junta as duas revistas na mensal Espetacular Homem-Aranha.

Caverna do Caruso - Homem Aranha Miles Morales - Pagina 2

Miles está criando aos poucos sua própria galeria de vilões…

Aqui temos um ponto “fácil” para um leitor que não queira retornar alguns anos na história e começar a acompanhar o novo amigão da vizinhança (após ver o filme). A situação já está estabelecida, já conhecemos seus amigos, sabemos de seus poderes… Logo na primeira edição Miles enfrenta um vilão que derrotou os Vingadores! O rapaz se mostra tão apto que logo em seguida ganha papel importante na Guerra Civil II e até seu próprio super-grupo junto da Kamala Khan, Viv Vision, Amadeus Cho, Cyclops, Nova e outros.

Fato que esse novo Aranha está apto ao lema: com grandes poderes vem grandes responsabilidades. Ele quer ser O Homem-Aranha, tem poderes superiores ao original e a inocência de um adolescente que precisa tirar notas boas para não ficar de castigo sem o celular.

Pensa o seguinte, Miles Morales foi “só” criado pelo cara que a DC Comics convidou para seguir com uma de suas revistas mensais mais famosas: Superman. Ele representa milhões de jovens que não se identificavam nos quadrinhos, passa por problemas de relacionamento com os pais, recebe responsabilidades (as vezes) acima do que deveriam, tem aquele amigo maluco que está sempre do lado deixando tudo de pernas pro ar e, volta e meia, precisa salvar o mundo também.

Tô Lendovantagens
  • A gente que está acostumado a acompanhar personagens com décadas de história, começar a ler um criado ontem é molezinha.
  • São história muito boas e sempre com uma profundidade maior do que tiro, porrada e bomba.
  • Se já é bom pra nós, é excelente para uma nova geração de leitores.
Tô Lendodesvantagens
  • Talvez o único ponto negativo é não ter em um único lugar todo o material para ler, só mesmo nas revistas mensais. Se bem que, pelo sucesso do filme, não duvido nada de ter uns encadernados a caminho.

Claro, não sai sem deixar seu comentário aqui! Sobre o filme, sobre os quadrinhos, sobre o Bendis, sobre o Homem-Aranha ou sobre Community. E até semana que vem!

Tiberio Velasquez

Por: Tibério Velasquez

Analista de sistemas por profissão, integrante do Conselho Jedi do Rio de Janeiro, Tibério também é fotógrafo, turista, iPhoner e colecionador. Curte de tudo: filmes, músicas, livros, séries, peças teatrais, jogos e quadrinhos. Nerdices à parte, assiste sempre MMA, NFL, Rugby, NBA, MLB, futebol, e tenta não deixar a prática de esporte de lado.

2019-01-19T13:47:26+00:00 17 de janeiro de 2019|12 Comentários