NAS PRATELEIRAS #31 – Gatilho

Início/Destaques, Leia!, Nas Prateleiras/NAS PRATELEIRAS #31 – Gatilho

Estamos aqui para falar de uma HQ nacional independente que podia facilmente estar Nas Prateleiras entre quadrinhos europeus de grandes editoras e você iria escolhe-lo para levar para casa da mesma maneira que estava no stand da Artist’s Alley da CCXP 2017.

Gatilho é uma história de faroeste com roteiro de Carlos Estefan (da MSP e que eu conhecia do material independente 321: Fast Comics) e ilustrações de Pedro Mauro (que há muitos anos desenha western para o mercado europeu). Aliás, apesar de nos surpreendermos com bom roteiro e o desenrolar da história, a arte realmente é um diferencial para essa HQ. Pedro Mauro, que trabalha atualmente na Sergio Bonelli Editore (talvez a mais famosa editora italiana… quem não conhece Tex?), já está no mercado tempo suficiente para ser reconhecido entre os fãs do gênero e, dica de amigo, você deveria usar um tempinho para ler outros trabalhos do cara.

Voltando à HQ, ele começa quando um caçador de recompensa chega a cidade atrás de um dos homens mais procurados do oeste, porém, vamos sendo levados através de flashbacks para entendermos como chegamos até aquele momento. Temos o mocinho, o bandido e como hoje o preto e o branco possuem entre si uns 50 tons de cinza.

Caverna do Caruso - Gatilho - Pagina 1

Quem avisa amigo é…

Aproveitando a deixa, todo material é em preto e branco, porém os traços dos personagens são bem característicos, as vezes lembrando sketches bem detalhados, e tudo de forma que conseguimos entender toda a cena. Só não se perca vagando pelos desenhos para, quando se menos espera, estarmos de volta a outro lugar e outro tempo, sem essa de “10 anos antes” ou qualquer coisa parecida. Fica ligado pra não se perder.

A falta de cores também torna as cenas de violência e sangue menos gráficas, mas mesmo assim temos palavrões e estupro, subindo a faixa etária do público para essa HQ (se bem que não imagino nenhuma criança lendo uma revista como essa: “olha pai, compra aquela revista de faroeste no formato europeu em preto e branco para mim?”).

Caverna do Caruso - Gatilho - Pagina 2

Bons momentos de ação

Uma grande história que nos deixa conhecer bem os personagens e suas motivações, bom desenvolvimento, excelente arte… uma HQ bem legal mesmo.

Agora, é impossível não notar referências do Italian Western e de personagens clássicos como Clint Eastwood… basta colocar uma trilha de Ennio Morricone, abrir a primeira página e ser transportado para aquele universo. E aproveito para dar a dica de um episódio dos Podcrastinadores sobre filmes de Faroeste, bem provável que depois disso você queira ver/rever os filmes.

Tô Lendovantagens
  • Faroeste nacional de qualidade. Quem diria que é um gênero que ainda tem muito caldo para dar.
  • Já “comprei” esse formato europeu maior e curto bastante.
  • Tudo que já falei aí em cima: roteiro, arte, o clima, a tensão…
Tô Lendodesvantagens
  • Não sei como você pode fazer para comprar sua edição. Depois da CCXP ano passado, só vi vendendo no mercado livre. Mas entra lá no facebook do autor e pergunta: Pedro cadê meu ch… quer dizer… minha HQ?

Não vá sem deixar seu comentário aqui: se interessou pela revista? Não curte o gênero e nem vai arriscar? Besteira, sempre é dia para conhecer coisas novas.

Tiberio Velasquez

Por: Tibério Velasquez

Analista de sistemas por profissão, integrante do Conselho Jedi do Rio de Janeiro, Tibério também é fotógrafo, turista, iPhoner e colecionador. Curte de tudo: filmes, músicas, livros, séries, peças teatrais, jogos e quadrinhos. Nerdices à parte, assiste sempre MMA, NFL, Rugby, NBA, MLB, futebol, e tenta não deixar a prática de esporte de lado.

2018-05-28T23:26:35+00:00 31 de maio de 2018|6 Comentários
  • Elvis Kleber

    Consegui comprar pela Ugrapress em março,eles tiveram por tempo limitado em estoque,mas já acabou.
    Reitero tudo que vc disse,HQ nacional incrível.
    ===============================

    [SPOILERS]

    Além da arte excelente,gostei muito do “twist” no final, achei uma “reflexão” por assim dizer muito interessante sobre essas historias de vingança (muito presentes nos faroestes) que acabam se tornando um ciclo de vingança interminável.

    • A reviravolta na história é muito show, mas vc começa a matar aquilo pelo meio da história. Não perde o mérito, muito bom.

  • Léquinho Maniezo

    Essa HQ realmente explodiu e, se por um lado, é uma pena não conseguir encontrar edições dela para comprar tão facilmente, por outro lado, QUE BOM, sinal que vendeu pra porra. Ótima indicação, eu sigo o Pedro no Facebook e só os videos dele desenhando já são de se impressionar.

    • Né não? Acho que ele manda muito bem. Tá na hora de imprimir uma nova leva.

  • Jean Carlos

    Podcrastinadores sobre filmes de Faroeste foi um dos melhores, agora gostei muito da arte apesar de ter pouca coisa de faroeste na minha coleção e legal ver mais trabalhos do Carlos Estefan.

    • Cara, eu não coleciono Tex, por exemplo, mas sempre que leio acho muito bom. Não somos muito acostumados com faroeste aqui, mas tem muita coisa legal.

      Valeu