NAS PRATELEIRAS #29 – Deadpool Massacra o Universo Marvel

Início/Destaques, Leia!, Nas Prateleiras/NAS PRATELEIRAS #29 – Deadpool Massacra o Universo Marvel
Caverna do Caruso - Deadpool Massacra o Universo Marvel - Destaque

Deadpool surgiu lá atrás nas revistas dos X-Men, mais especificamente dos Novos Mutantes, como o Kadu contou para nós no início da semana no Rebobinando #32, porém muita coisa mudou desde então e hoje o personagem segue uma linha totalmente diferente, louca, doentia e cômica de tudo que você vê na Marvel Comics.

O querido mercenário tagarela segue praticamente uma história própria e muitas vezes fora de uma linha temporal dos outros personagens. Algumas vezes esse anti-herói se junta à outros personagens em suas respectivas revistas mensais, mas você percebe nitidamente que o nível de loucura é bem menos insana do que em seus próprios quadrinhos e até mesmo que em Deadpool & Homem-Aranha ou Deadpool & Mercs for Money (não dá pra ficar bagunçando a história dos outros né?). De qualquer forma, nas minhas leituras, considero as HQs do Deadpool como um universo 616-B (fora do principal).

O cara já se apaixonou e casou mais vezes que pés apareceram nas ilustrações de Rob Liefeld, já alterou linhas temporais mais vezes que você vai ler a palavra Deadpool nesse post e já matou mais personagens que referências em Jogador Número 1, mas nada foi tão absurdo como em Deadpool Massacra o Universo Marvel (ou Deadpool Kills the Marvel Universe, no original).

Caverna do Caruso - Deadpool Massacra o Universo Marvel - Pagina 1

Homem-Aranha dá o troco!

Wade Wilson para os mais íntimos, já teve boas histórias lutando (pelo menos antes de se unirem) contra vários personagens… quer dizer, vários não, o cara já lutou contra todo mundo, incluindo ele mesmo (e mais de uma vez). Você poderia criar um site inteiro de pesquisa só com Deadpool vs. insira-o-nome-aqui (acho Hawkeye vs. Deadpool bem divertida, por sinal), mas o limite, se é que isso existe aqui, é quando você resolve exterminar todo mundo!

Escrito por Cullen Bunn, a história é até bem simples, Deadpool enlouquece (mais ainda) e resolve que tem que matar geral. Dessa vez não estamos mesmo no universo 616 (principal) da Marvel, então não tá valendo de verdade (e não deixa de ser interessante por causa disso). Posso dizer também que temos bem menos humor aqui do que vimos recentemente (sejam nos quadrinhos ou nos dois filmes), mas o nível do gore tá bem, obrigado.

Caverna do Caruso - Deadpool Kill The Marvel Universe - Pagina 2

Vingadores unidos… para morrerem!

A arte de Dalibor Talajic é simples… ok… não vejo problemas, mas não me enche aos olhos. Vamos dizer que estamos aqui pela graça mesmo. O mais interessante de tudo é ver como cada personagem, incluindo os principais (pelo menos eram principais em 2012 quando foi escrito), são mortos. Como você mataria o Luke Cage? Hulk? E o Wolverine? A ideia por trás disso é bem legal.

Fica a pergunta, será que ele consegue? Imagina como? Bem, cada um pode ler e ver como a coisa anda, não tô aqui para entregar spoilers, né?

Tô Lendovantagens
  • Uma ideia legal mostrada de uma forma diferente com um personagem mais diferente ainda.
  • História solta com início, meio e fim. Não precisa de mais nada.
  • Mortes, cabeças rolando, sangue e mais mortes. É Deadpool ué, não é Superman!
  • A melhor forma de se preparar para Deadpool 2 é lendo um pouco mais sobre ele.
Tô Lendodesvantagens
  • O preço de capa de R$30 por 100 páginas não é convidativo (espere uma promoção).
  • Faltou ainda um pouco mais do humor ácido do Deadpool que conhecemos.

É isso… anos depois a dupla Bunn e Talajic ainda lançou um Deadpool Kills the Marvel Universe Again só que, sinceramente, já forçaram a barra.

Aproveite a visita e deixe um comentário aqui. Gosta do personagem ou acho maluco demais? Já tinha lido sobre ele antes do primeiro filme? Nem ficou com vontade? Já viu Deadpool 2? Eu já!

Tiberio Velasquez

Por: Tibério Velasquez

Analista de sistemas por profissão, integrante do Conselho Jedi do Rio de Janeiro, Tibério também é fotógrafo, turista, iPhoner e colecionador. Curte de tudo: filmes, músicas, livros, séries, peças teatrais, jogos e quadrinhos. Nerdices à parte, assiste sempre MMA, NFL, Rugby, NBA, MLB, futebol, e tenta não deixar a prática de esporte de lado.

2018-05-17T11:21:03+00:00 17 de maio de 2018|12 Comentários