NAS PRATELEIRAS #16 – Clube da Luta 2

Início/Destaques, Leia!, Nas Prateleiras/NAS PRATELEIRAS #16 – Clube da Luta 2
Clube da Luta 2 - Capa Editora Leya

Após 20 anos desde o lançamento Chuck Palahniuk traz a continuação do aclamado livro Clube da Luta, só que desta vez, em quadrinhos! Isso mesmo, Clube da Luta 2 foi concebido diretamente para o nosso formato predileto!

Você deve estar se perguntando, o que esse quadrinho de 2016 lançado pela Editora Leya está fazendo aqui Nas Prateleiras? Primeiro que ele continua firme e forte nas prateleiras e, importante, bem barato. Segundo que no fim do ano passado, encontrei com David Mack na CCXP e o cara é um artista sensacional, capista de todas as edições desta HQ e conhecido por grandes trabalhos em Alias, Demolidor e American Gods (além de super gente boa). Então, tá valendo!

Uma das capas da série pelas mãos de David Mack

Conhecido mundialmente após sua adaptação para os cinemas (estrelando Brad Pitt e Edward Norton, na história original) seguimos a história de um cara comum na sua vida mais ou menos que, em algum momento, encontra o “vidaloca” Tyler Durden, que não tem nada de comum. Juntos eles fundam o Clube da Luta, o grupo cresce e daí a história segue. Bem, se você não tem ideia do que estou falando, mesmo já tendo vencido o prazo de spoilers do filme, vou manter segredo e parar por aqui. Veja o filme!!!

A continuação segue e vemos Sebastian, nosso protagonista, tentando seguir com sua vida meio bagunçada e cheia de dúvidas após os eventos anteriores, seu relacionamento amoroso em crise, terapias, rotina… e quem você acha que volta para “atazanar” novamente? Quem? Quem? Tyler Durden! Exato! E mais, descobrimos que o Clube da Luta não acabou, continua funcionando firme e forte. Com tudo isso e uma reviravolta tão ou mais “WTF!?!?!?” que o original, você se pega relendo a história duas ou três vezes. Com isso em mente: seja o Tyler e não o Sebastian, saia da caixinha que essa é de explodir a cabeça! Rs…

Cameron Stewart - Clube da Luta 2

Algumas páginas possuem uma arte com pílulas ou pétalas, interessante

No fim de tudo ainda temos um epílogo bem legal para o Clube da Luta 1: um Final Redux, como foi chamado.

Ah, ilustrado brilhantemente por Cameron Stewart, o mesmo de Batgirl of Burnside, Motor Crush, Batman e Robin, e colorido por Dave Steward.

Tô Lendovantagens
  • Mesmo autor da obra original, então não tem erro
  • Ótimo trabalho de ilustração e cores
  • As capas originais do Mack estão presentes antes de cada capítulo
  • Adoro sair da mesmice e sair numa HQ assim
Tô Lendodesvantagens
  • Pode ser confuso se você for uma pessoa totalmente sã
  • Não, você nem imagina o final, então, se não gosta de ser surpreendido, acho que vai ficar com raiva

Não deixe de comentar aqui no post o que achou da HQ. Esperava algo diferente? Muito doido pra você? Se não leu, pensa em ler? Pelo menos o filme você viu, né?

Tiberio Velasquez

Por: Tibério Velasquez

Analista de sistemas por profissão, integrante do Conselho Jedi do Rio de Janeiro, Tibério também é fotógrafo, turista, iPhoner e colecionador. Curte de tudo: filmes, músicas, livros, séries, peças teatrais, jogos e quadrinhos. Nerdices à parte, assiste sempre MMA, NFL, Rugby, NBA, MLB, futebol, e tenta não deixar a prática de esporte de lado.

2018-02-16T17:34:55+00:00 8 de fevereiro de 2018|5 Comentários
  • Jean Carlos

    Não sabia que Clube da Luta era adaptação de hq, deviam lançar o filme 2 também.

    • Opa, Clube da Luta é adaptação de um livro. O 2 que saiu como HQ.

  • Luan Frainer

    Adorei as cores e os desenhos, mas, porra como eh confuso

    • Hahaha Falei que era difícil para mente sã. Mas sério, acho que li umas 3 vezes.

      • Luan Frainer

        Adorei a revista, mas, realmente eh difícil para mentes sãs. Lendo apenas uma vez vc não entende