NAS PRATELEIRAS #07 – O Despertar da Força

Início/Leia!/Nas Prateleiras/NAS PRATELEIRAS #07 – O Despertar da Força
Nas Prateleiras #7 - Star Wars - Luke Ross - Despertar da Forca

Há dois anos atrás chegavam aos cinemas do mundo todo o sétimo filme da franquia – conhecida pelos mais vividos como – Guerra nas Estrelas. O filme conta os acontecimentos neste universo criado por George Lucas, agora nas mãos da Disney, vários anos após o Retorno de Jedi, láááá de 1982.

Nada disso é novidade, acredito que quase nenhuma pessoa viva no mundo não tenha visto os filmes, mas não vou entrar na trama por garantia, afinal, quem viu já viu, quem não viu, pode querer ver. Fato é que, como acontece desde sempre, os filmes ganham suas adaptações em livros, quadrinhos… com o Despertar da Força não foi diferente, afinal, não iriam deixar de ganhar uns trocados a mais com um filme que fez 2 bilhões de dólares em bilheteria mundial.

Nas Prateleiras#7 - Star Wars - O Despertar da Força - Luke Ross

Capa da edição americana

Assim, a Marvel, que retomou o controle sobre os quadrinhos após a compra da Lucasfilm, chamou o escritor da trilogia Aftermath (no Brasil chamado de Marcas da Guerra) e o paulista Luciano Queiroz, conhecido mundialmente como Luke Skyw… quer dizer… Luke Ross, para adaptarem o filme para os quadrinhos. O brazuca já fez vários trabalhos para a Marvel e até mesmo para Star Wars ainda pela Dark Horse, recentemente desenhou Darth Maul e para o ano que vem trará a adaptação de Thrawn (ansiedade 1000… sou fã do UE ué!).

Falando da história, a HQ é bem limpa e direta em comparação ao filme, tudo está lá, com pequenos detalhes diferentes apenas o suficiente para não deixar o ritmo cair. A leitura acaba sintetizando o que vimos no cinema e funciona perfeitamente tanto para os fãs que querem relembrar os acontecimentos quanto para aqueles que preferem a mídia em papel ao invés de ir ao cinema… e até quem sabe fazer a pessoa se interessar pela história para recebê-la de maneira mais imersiva pelo filme depois.

Nas Prateleiras#7 - Star Wars - O Despertar da Força - Luke Ross

Uma das primeiras cenas pelas mãos de Luke Ross

Interessante que a adaptação de O Despertar da Força foi a mais fiel feita por uma HQ de Star Wars, sempre soubemos que as edições dos episódios passados foram feitas baseadas em roteiros ou scripts do filme e não na sua versão final, o que sempre deixava espaço para uma cena excluída que entrava na HQ, como a cena do Luke com Biggs em Tatooine no episódio IV ou a morte de Quinlan Vos no episódio III, esse segundo, personagem criados nos quadrinhos. Isso me passa a ideia que a Disney/Marvel está bem mais próximo dos seus produtos que a Lucasfilm fazia com a Dark Horse, na verdade é bem óbvio.

Sendo assim, aproveitem as promoções de fim de ano que você acha nas prateleiras por ótimos preços todos os encadernados dos sete filmes de Star Wars além de Império Despedaçado, história que conta alguns acontecimentos seguintes ao fim de O Retorno de Jedi, lançados pela Panini. Que venha Os Últimos Jedi e que a Força esteja conosco.

Tô Lendovantagens
  • Só precisa de meia horinha para ler cada encadernado e ficar com toda a saga fresquinha na memória, dá pra ler até na fila da pré-estreia
  • Cada encadernado sai por menos de R$20 (acabei de ver por R$15) nas lojas onlines (na Black Friday o episódio II foi visto por R$3!!!)
  • Não é sempre que temos um compatriota fazendo parte de algo que somos fãs, isso me deixa bem feliz
  • As outras HQs ainda tem um pouquinho a mais que não está no filme!! A-há!
  • Depois de ver o filme 1000 vezes, quando leio a adaptação ouço até as vozes dos atores em cada diálogo, torço igual sempre! Hehehe
Tô Lendodesvantagens
  • Se você não gostou do filme (meus sentimentos…), mas a história aqui é a mesma
  • A capa da edição nacional tem muito preto, podia ser igual da edição americana, com a imagem de ponta a ponta
  • Daisy Ridley é linda, desculpe Luke, mas ainda faltou alguma coisa para conseguir capturar seus traços… bem, por outro lado, Adam Driver ficou mais bonito! Hehehe
Tiberio Velasquez

Por: Tibério Velasquez

Analista de sistemas por profissão, integrante do Conselho Jedi do Rio de Janeiro, Tibério também é fotógrafo, turista, iPhoner e colecionador. Curte de tudo: filmes, músicas, livros, séries, peças teatrais, jogos e quadrinhos. Nerdices à parte, assiste sempre MMA, NFL, Rugby, NBA, MLB, futebol, e tenta não deixar a prática de esporte de lado.

2018-02-09T11:22:41+00:00 30 de novembro de 2017|2 Comentários
  • Boa, Tibério! Ainda não consegui ler nada dos novos quadrinhos de Star Wars, mas estão todos na minha fila mental, ainda mais com a Panini juntando tudo em edições encadernadas. Eu normalmente não curto adaptações de filmes, mas depois dessa sua resenha, fiquei curioso pra ler! Ainda mais com a arte do Luke Ross! Ele devia te pagar um royaltizinho! 😀
    (Agora, a adaptação do Episódio II eu acho que não vale não, hein? Nem por três reais!!!!! Shhhhh!)

    • Bruno Messias

      Esses encadernados da Panini são excelentes! Comprei um por acaso, porque ia pegar uma fila quilométrica e precisava me distrair… e adorei! todo o espírito da saga clássica! E as edições do Vader ainda apresentam uma nova personagem, a arqueóloga Dra. Aphra, que é fantástica! Leitura recomendadíssima.