Major Bummer #03

Caverna do Caruso #03 - Major Bummer

Major Bummer é, na minha opinião, uma das melhores coisas que a DC já publicou em qualquer uma das suas linhas editoriais. Ok, talvez eu esteja exagerando, até porque a revista é completamente idiota. Mas eu me amarro!

Criado por John Arcudi e Doug Mahnke (um dos meus desenhistas preferidos), Major Bummer estreou em 1997, ano aí que todos sabem ter tido uma safra excelente de ótimos personagens e roteiros criativos nos quadrinhos, só que não. A trama, muito resumidamente, aborda o que aconteceria se um adolescente – adolescente, adolescente mesmo, não um exemplo de ser humano como o Sr Peter Parker – fosse acometido por super poderes. E o que aconteceria é… nada: ele ficaria em casa jogando videogame e iria trabalhar na lanchonete como ele sempre fez, só que agora cheio de músculos enormes. Rá rá. É claro que não é só isso, os desdobramentos são muito divertidos, posto que o advento que leva os super poderes ao preguiçoso rapaz também atrai uma série de confusões para a sua vida. É bastante engraçado ver um super herói que, definitivamente, não quer ser super-herói. O próprio nome é um trocadilho: Major Bummer, ao mesmo tempo que soa como um título supereroesco, também significa “grande decepção” ou “maior bode/deprê”.

A revista, no entanto, não decepciona. Muito pelo contrário, ela apresenta uma série de coadjuvantes hilários, como os alienígenas que deram acidentalmente os poderes para a pessoa errada, o indignado “cara certo”, que deveria ter recebido os super poderes e a pior formação de um grupo de heróis feita nos quadrinhos desde os Novos Guerreiros.

A arte do Doug Mahnke está sen-sa-cional, criando belas figuras, expressões faciais hilárias e, ao mesmo tempo, seqüências de ação alucinantes, afinal de contas, é uma revista de super heróis.

Caverna do Caruso #03 - Major Bummer

O roteiro de John Arcudi, apesar de divertido, vai além da brincadeira de “tirinhas engraçadas”, com piadas episódicas. Ele vai se aprofundando e revelando perguntas que não chegamos a formular sobre os personagens, mas cujas respostas são sempre muito divertidas.

A revista é daquelas que não se leva muito a sério e SABE que é uma revista em quadrinhos. Um pouco como as histórias do Lobo, um pouco como as do Deadpool e um pouco como a Mulher Hulk do John Byrne dos anos 80. Tanto que a capa da edição 15 anuncia o próprio cancelamento da série. Uma pena, é verdade, mas uma saída heroica, de não perder a piada até o último número.

Tô Lendovantagens
  • São só 15 números, fácil de completar a sua coleção.
  • Apesar de estar inserido no universo DC, ele pode ser lido completamente fora de contexto, sem qualquer auxílio de outras revistas ou dos acontecimentos da época para entender a história. Excelente pra quem quer voltar a ler quadrinhos de super heróis sem precisar voltar totalmente a ler quadrinhos de super heróis
  • A equipe criativa é a mesma até o final
  • Todas as capas são do Doug Mahnke, desenhista da própria revista, e são todas ótimas.
  • Se você curtia a Liga da Justiça cômica dos anos 80, essa revista é pra você!
Tô Lendodesvantagens
  • Não foi publicado no Brasil.
  • A revista não termina bem. O cancelamento abrupto não dá exatamente a sensação de desfecho que a série merecia, mas ainda assim não chega a invalidar a jornada. Que nem Lost, sendo que o final não chega ser tão ruim assim.
  • Não é ideal pra quem não tem muito senso de humor…

Eu espero, de coração, que você seja uma das pessoas afortunadas a completar esses 15 números. Se sim, compartilhe! Se não, tire suas dúvidas!

Boa sorte e boas leituras!

Tô LendoAlgumas imagens!
Caverna do Caruso #03 - Major Bummer
Caverna do Caruso #03 - Major Bummer
Caverna do Caruso #03 - Major Bummer
Caverna do Caruso #03 - Major Bummer
Caverna do Caruso #03 - Major Bummer
2017-11-14T14:44:09+00:00 1 de novembro de 2017|23 Comentários
  • Mas Major Bummer seria um clássico? Hahaha
    “Não li, não posso opinar”, mas vou resolver essa falha de caráter em breve.

    • Acabei de descobrir que tem um encadernado com todas as edições!

      • EN-US ou PT-BR??

        • Strider_Tag

          EN-US, pela Dark Horse. “Complete Major Bummer : Summer Slacktacular”.

          • Strider foi mais rápido que eu nas respostas dessa vez! Agora diga-nos, meu nobre: como é possível essa promiscuidade entre editoras??? Abs!

          • Strider_Tag

            Isso é comum em séries com personagens “menores” nos EUA, ou séries independentes.
            Ex : Elric, do Roy Thomas (com arte do P Craig Russell), que tinha algumas publicações pela Marvel (saiu na linha “Graphic Novel” da editora), tà sendo relançado pela Titan Comics.
            Outros exemplos :
            -The Shadow, as mini séries do Howard Chaykin, e a fase escrita pelo Andrew Helfer (tudo isso nos anos 80), que sairam pela DC, foram relançadas pela Dynamite
            -algumas mini séries da Vertigo (Seekers into Mystery), tão saindo pela Dynamite.

            Como sou avido consumidor de quadrinhos digitais (pra não citar : pela ComiXology), sempre dou de cara com casos assim. O que acontece também é da editora perder os direitos sobre determinado personagem, a HQ é retirada da ComiXology (ex : John Sable : Freelance, do Mike Grell). Mais uma vez, são casos de mini séries e personagens menores, quase independentes.

          • Uau, saquei!!! Obrigado pela aula!

  • Andre Bufrem

    Rapaz. Nunca arrisquei ler grandes coisas em inglês. Mas acho que essa revista vale o esforço. Adorei a premissa e nunca vai sair aqui. Mas porque saiu o encadernado pela Dark Horse? Será material “meio” autoral? Boa dica valeu.

    • Cara, também achei muito estranho isso, mas fui pesquisar e na Amazon consta como o publisher sendo Dark Horse mesmo! Nem sei como isso é possível!!! De qualquer forma: coleção avulsa -> DC; volume único com 15 edições -> Dark Horse (vai entender). Quanto a ler em inglês pela primeira vez, arrisca com um troço mais light antes, pra ir pegando o embalo! Tenta uns quadrinhos infanto-juvenis, as HQs do Batman Animated Series do Bruce Timm por exemplo! Aquilo tinha pouco texto e uma leitura super fluida! Só te garanto uma coisa: quando você desbloquear essa chave, meu amigo… O MUNDO SERÁ SEU PARA DOMINAR!!!

      • Andre Bufrem

        Kkkkk. Eu quero é destruir o mundo, não dominar! Oras. Mas sei lá… o TPB mais barato que encontrei ficou em U$S 28,00 mais frete. Vou viajar pra California e queria aproveitar. Está salgadinho, mas pelo seu texto vale a pena.

        • Putz, indo pra California tudo vale a pena! Se for a Los Angeles, tem duas lojas de quadrinhos bacanésimas lá: Meltdown Comics, na Sunset Boulevard se não me engano, e a Hi de Ho Comics, mais afastada, mas é meu sonho de consumo! Eu nunca fui, sigo ela pelo isntagram. Tem até show de Stand Up lá!!!!

          • Andre Bufrem

            Excelentes dicas. Vou conferir sim. Se achar algo cavernoso lá te indico. Abração.

  • Adriano de Oliveira Ferreira

    vejo Doug Mahnke, lembro na hora do SUPER E DA LJ

  • Ricardo Ferreira

    Acabei de ouvir você detratar “Vingadores vs Liga da Justiça” no MdM e agora leio você elogiar Major Bummer.

    Não tenho maturidade para lidar com isso. Tô de mal até amanhã.

    • HAHAHAHAHAH
      Mas você pelo menos LEU Major Bummer??? É muito melhor que Lig…. bem, que muita coisa, cara!!!

  • Léquinho Maniezo

    Vou aqui falar em alto e bom tom pra igreja inteira ouvir: DESENHOS DO DOUG MAHNKE SÃO FODAS PRA CARALHO. Obrigado.

    PS: Mto divertida sua troca de tweets com o Erik Larsen sobre a edição do SD q vc não achou

    • Também sou muito fã do cara!!! Vc já leu The Mask com ele em início de carreira?? Bom de mais! Logo logo entra no ar aqui tb num CdC do Futuro do Pretério, esper contar com vc fazendo coro aos comentários!

      Hahah Que bom que vc curtiu meu desespero! Pelo menos ele serviu de alguma coisa! Mas eu preciso ser sincero: a cada tweet mandado eu pensava comigo mesmo “não acredito que eu estou conversando com o Erik Larsen!!!!” Ele já tinha me respondido (e retuitado) antes, mas dessa vez foi demais!!! 🤣

      • Léquinho Maniezo

        Eu nunca cheguei a ler o Mascara dele, mas eu já vi os desenhos e são uma porra louquice muito show!

        Hehe eu tive a mesma reação quando o Warren Ellis respondeu uma pergunta no Tumblr dele, é um frenesi desgraçado.

        • Bicho, cata o Mascara dele, você não vai se arrepender!

  • Amalio Damas

    Caruso, essa é uma das séries que eu sempre quis ler, mas infelizmente eu não tenho dinheiro nem para comprar os gibis da Panini imagine importados e além disso meu inglês só é bom quando tem legendas. Enfim, vamos rezar para que este título esteja fora do contrato da Panini, que alguma editora compre os direitos choide publicação ou até mesmo chorar para a Panini. Oremos!

    • Oremos sempre! Enquanto isso, vai treinando esse inglês aí! Meanwhile, go training that english there!

  • Adriano Da Costa Pereira

    Conclui a leitura e comentar, nunca li as hqs dos super heróis, não por falta de vontade e sim de dinheiro..sr
    Mais pelo pouco que conhecia sempre me pareceu estranho todos serem tão dignos e horados, por isso gostei tanto do argumento.Não sei e foi impressão minha porém me pareceu que as piadas ficaram melhores do meio para fim.
    De todo jeito vlw pela recomendação e aguardo mais coisas obscuras..