Heróis dos Videogames

Início/Assista!, Destaques/Heróis dos Videogames

2019-02-05T14:12:46+00:00 5 de fevereiro de 2019|2 Comentários
  • Leonardo Vieira

    Que maneiro!! Para mim, um Old Gamer, dois clássicos do Atari marcaram minha infância. Dois jogos tidos como impossíveis de se conseguir, são eles: Kung-fu Master, o que na minha opinião, ao menos na época, era o melhor jogo do Atari de todos os tempos, uma espécie de adaptação de Karatê Kid (apesar de ser Kung-Fu) para os videogames, e o outro, puts!!! O proibidão, o capa preta, SEXYMAN. Na boa, por toda estória (com “e” para manter todo arcaísmo que merece), não deixam de ser heróis.

    Referente ao Kung-Fu Master, lembro que só sabíamos que o jogo existia, raramente conhecíamos alguém que já havia ao menos jogado, quem diria então possuí-lo em sua coleção de fitas. Minha galerinha de amigos, assim como eu, não fazíamos parte dos abastados, por muito tempo o jogo não passava de lenda, até que um dia, um de nossos amigos apareceu com a fita na escola, CARAALHHOOOOOO… a reação foi unanime. Onde aquele moleque tinha conseguido aquilo? Não importava quantas mortes houveram, quantos cadáveres ocultados, o importante era ver de perto e jogar, nossa grande obsessão, desejo de 11 em cada dez garotos.

    O famigerado capa preta nos foi apresentado primeiro (Lembro que um moleque bem mais velho emprestou a fita para um de nós). Era o proibidão, só podia ser jogado quando as mães não estavam por perto, afinal o que elas diriam daquilo. Um boneco de “pau duro” fugindo de uma tesourinha assassina para encontrar a menininha e nhac! (não encontrei outra onomatopeia). Era sexo explícito kkkkk!!! Depois de superar todos os obstáculos e entrar na portinha do labirinto, eis que o ápice da putaria começa, menininha de quatro e o carinha em riste pronto para executar… kkkkk. Nós com nossos 9-10 anos, alucinados com o mais próximo de sexo que já havíamos conseguido chegar até então. Anos 80, que década maluca.

    Eu consegui comprá-los em uma locadora, nos idos de 1993-94, até 2005 tinha os jogos e o videogame, infelizmente perdi todas as fitas, e o Atari doei para uma criança. Ficam as boas lembranças.

  • Ricardo Varotto

    Cara, eu tinha certeza de que você ia começar com essa tosqueira do Homem-Aranha para Atari. Ainda tenho um Atari ligado a uma TV de tubo de 14″ e vários cartuchos. Além disso, tenho um desses que está aí na foto, com emuladores de trocentos consoles e todos os milhares de jogos que você conseguir imaginar. Inclusive esse Exerion que o Ulisses “Tiro Rápido” citou. Já até conversei sobre isso com ele há uns tempos.

    https://uploads.disquscdn.com/images/bb2e011458d78bc4027824e7efd10eee4aab20c6cca7a28c2383f5eed51cfc14.jpg