CDC #99 – Viúva Negra

Início/Caverna do Caruso, Destaques, Leia!/CDC #99 – Viúva Negra
Viúva Negra - Caverna do Caruso

De tempos em tempos que gosto de dar uma colher de chá entre as indicações obscuras aqui da Caverna, para indicar algo acessível e fácil de achar em qualquer loja de quadrinhos real ou virtual da vida. E a colher de chá hoje está um belíssimo mamão com açúcar cravejado de bala!

Publicado aqui no Brasil pela Panini em míseros dois volumes, esses dois encadernados da Viúva Negra são uma excelente pedida para quem procura uma leitura totalmente descompromissada! Com roteiro de Mark Waid e arte de Chris Samnee (um dos meus desenhistas preferidos da atualidade), Viúva Negra Na Mira da Shield acompanha a espiã Natasha Romanov às voltas com um vilão do seu passado, que ressurgiu para perturbá-la. Quem nunca passou por isso, não é verdade? Junto com ele, vêm várias lembranças desagradáveis de uma vida que a agente russa preferia esquecer.

Mark Waid é um mestre do story telling e está cada vez melhor. A leitura é super fluida, cheia de ação e muito bem contada. A arte do Chris Samnee é extremamente simples, mas totalmente eficaz, lembrando o traço clássico dos mestres Alex Toth e Darwyn Cook. Essa dupla se conheceu, se eu não me engano, na fase pós-reformulação do Demolidor, que rendeu uns 10 encadernados de muito sucesso (todos também devidamente publicados aqui pela Panini, pro caso de você estar à procura de um compromisso um pouco maior). Esqueci de ver quem era responsável pelas cores, mas já adianto que está de parabéns! Parece que você está vendo uma animação altamente profissional.

Com a recente popularização da personagem por conta dos filmes da Marvel (e enquanto ela ainda não ganha seu filme solo – que aliás, já estava na hora, porque será que ainda não rolou??) essa pode ser a melhor (ou única) maneira de passar mais tempo com a Scarlett Johanson, ainda que por apenas dois volumes. E também um ótimo convite para aquele ou aquela “nerd simpatizante”, que viu todos os filmes, mas nunca leu nenhuma revista em quadrinhos. Recomêindo!

Tô Lendovantagens
  • Logo de cara, a arte. Não é daquelas espetaculares, cheias de se-amostrismo, mas é daqueles que você na primeira folheada já quer ler, não importa onde você esteja.
  • História boa, curtinha, direta ao ponto. Daria um bom filme da sessão da tarde.
  • Saiu no Brasil.
  • Não tem muito tempo que saiu, então não é nenhuma raridade
  • Só dois volumes. Ótimo para quem tem muita leitura, ótimo para quem parou de ler e não quer voltar, mas precisa daquele adesivozinho de nicotina pra matar a fome.
  • Boa para atrair novos leitores.
Tô Lendodesvantagens
  • Não é exatamente uma desvantagem, mas, na hora de ir atrás, cuidado para não confundir com uma outra série da Viúva Negra, que teve três encadernados. Essa outra série nem é ruim, tem arte do Phil Noto, é bem bacana. Só estou deixando o aviso aqui para você não comprar o primeiro volume de uma e o segundo de outra ou vice e versa.
  • É muito curtinha mesmo. Daquelas que os mais eruditos descrevem como “pra ler em uma cagada”. Então, se você precisar pagar caro nelas, pode ficar decepcionado.
  • Podia ter mais 8 encadernados desses!

E aí? Já leu?

Tô LendoAlgumas imagens!
Viúva Negra - Caverna do Caruso
Viúva Negra - Caverna do Caruso
Viúva Negra - Caverna do Caruso
Viúva Negra - Caverna do Caruso
Viúva Negra - Caverna do Caruso
Viúva Negra - Caverna do Caruso
2018-07-18T14:07:58+00:00 18 de julho de 2018|15 Comentários
  • Greicy Duarte

    Vou colocar na minha lista. Valeu pela dica, Caruso!

  • IDRIS ELBA RAMALHO

    Putz, que fase mais bacana!
    A arte Samnee é linda demais!
    Ao mesmo tempo que ela é simples, ela é cheia de detalhes.
    Esse estilo cartoon é lindo. Sem falar na narrativa, parece até que está tudo em movimento.

    Eu particularmente prefiro esses encadernadinhos assim, do que aqueles de capa dura que custa o seu pâncreas. São até mais práticos de ler, colocar numa mochila pra ler em algum lugar e tal.

    • Tô contigo, acho capa dura chataço. É pesado, ocupa espaço desnecessário e muitas vezes faz um efeito alavanca na brochura interna que estraga a leitura toda!

  • giovanni antonni

    Uma das coisas que mais gosteis desse volume foi exatamente a arte com sombras da um impacto forte na leitura principalmente nesse tipo de história. Caruso tem algum site que vc indique para a compra de quadrinhos?

  • marwin souza

    Nao sabia que isso tinha sido publicado aqui, valeu pela dica. Por mim, essa equipe teria passagens curtas por todos os personagens marvel, é sempre bom ler algo deles.

    • Pois é, e eles já fizeram bastante coisa! Além da Viúva Negra e os 10 volumes do Demolidor, também tem uma passagem pelo Capitão América. E se você curtiu o trabalho deles, vale a pena dar uma conferida também no Cavaleiro da Lua, escrito pelo Jeff Lemire, que tem uma pegada ágil e visual bem parecida. Acho que são os volumes 4 e 5.

  • Adriano de Oliveira Ferreira

    eu gosto dessas historias

  • João Costa

    Esse run é sensacional, tem um clima Marvel primeira metade dos anos 90. O Samnee é um dos melhores “discípulos” do Mazzuchelli, e o Wand estava voou baixo nesse roteiro. E valeu pela resenha: me motivou a reler!

    • Bem observado, João! Esse run remete a uma época mais “simples” das histórias em quadrinhos, em que elas não tinha muita firula no storytelling. Era bem direto-ao-ponto.

  • Elvis Kleber

    Texto bacana Caruso,me motivou a ler (na verdade me lembrou, pq eu tinha esquecido).
    E é muito bom mesmo,mais mérito do Samnee do que do Waid (já que ele está creditado como desenhista e co escritor) e até justificado pq na época ele tava cheio de gibi da Marvel pra fazer,vingadores e o escambau, então devia só burriscar a ideia principal e o Samnee desenvolvia o resto.Eu gostei demais como funciona junto ao universo Marvel:SHIELD,Homem de ferro,Soldado Invernal tudo integrado e funcional,uma coisa leva a outra,sem ficar aquela coisa de “é uma historia isolada que teve pressão de editor para juntar ao universo marvel” até os momentos mais lúdicos como a parte na Lua eu não senti que ficou deslocado.

    PS:Comentário nada há ver,mas eu agradeço muito vc ser um bom comediante pq ai da pra eu roubar suas piadas e ser o engraçadão no churrasco XD
    Aquela piada do morcego cheio de sangue pq bate a cara na parede fez sucesso viu

    • Hahahahahah Aquela piada não é minha, é anedota de domínio público! Fico feliz que o morcego ainda alce vôos! Você me viu fazendo ela pela primeira vez no De Cara Limpa?? Faz tempo, hein?

      • Elvis Kleber

        Ouvi no podcast MDM,se me lembro bem foi no famigerado podcast 300!