CDC #57 – WE3

WE3

Ok, essa é meio trapaça. Todo mundo já deve ter lido essa bagaça! Mas eu gosto bastante dessa leitura, acho ela super acessível e super “emprestável”, uma qualidade que eu acredito ser de suma importância para o mundo dos quadrinhos.

WE3 foi uma mini-série criada por Grant Morrison e Frank Quitley em 2004 e conta a história de 3 animais, um cachorro, um gato e um coelho, que recebem “upgrades” militares para se tornar armas do governo e acabam fugindo. Uma espécie de Arma X na Petshop.

Apesar desse resumo horroroso que eu acabei de fazer, a trama é muito bem contada, de maneira bastante cinematográfica, com algumas reviravoltas surpreendentes e momentos super pungentes, especialmente para quem adora animais. (Que não é o meu caso, pois sou feito de pedra.) (Só espero que meus cinco cachorros não leiam essa coluna.) (Meus três gatos não me preocupam, porque elas não se interessam por nada mesmo, duvido que elas acessem a Caverna) (Com exceção do Feijão. Ele é mais apegado, é capaz dele ler. PAPAI TÁ BRINCANDO, TÁ FEIJÃO? Pronto). Como eu ia dizendo… Com essa pegada bastante “visual” a história segue bem rápido, com pouco texto e, levando em consideração que se tratam apenas de três capítulos, a leitura passa voando!

A arte do Frank Quitley é um verdadeiro desbunde – mas eu sou suspeito pra falar, posto que eu sou bem baba-ovo desse cara. É bem verdade que aqui ele não tem o mesmo espaço para abrir as asinhas que ele teve em X-Men, Authority, Flex Metallo e Visões de 2020, mas, ainda assim, ele é o responsável por toda essa narrativa cinematográfica que eu citei antes, fazendo parecer que a revista está “acontecendo” na sua frente, ao invés de sendo lida.

WE3 saiu lá fora pela Vertigo e aqui dentro pela Panini, que lançou direto no encadernado, com alguns extrinhas, se bem me lembro. Um encadernado muito bonitinho, com capa cartonada e papel bom, que eu já encontrei vááarias vezes dando sopa em sebos por aí. Ou seja: só compre se achar um preço legal! Porque que dá pra achar, dá…

Vamos a algumas vantagens e desvantagens:

Tô Lendovantagens
  • Publicado no Brasil! Êêêê! Pela Panini! Êêêê de novo! Mas aí você me pergunta, porque “Êêêê de novo, Fernando?” E eu te respondo: porque a Panini publicou essa revista em grandes quantidades (alguém deve ter apertado algum botão errado na impressora) o que significa duas coisas: 
  • Fácil de achar
  • Possível de encontrar num precinho camarada!
  • História diferentinha. Não espere uma releitura da mídia, uma reestruturação da indústria, ou uma explosão da sua mente. É só uma história… diferentinha.
  • Desenhos beeeeem legais!
  • Uma das POUQUÍSSIMAS histórias do Grant Morrison COM FINAL!!! Não estou dizendo que é o melhor final do mundo, que é uma incrível reviravolta, que é um final imperdível, masssss… É UM FINAL! QUE VOCÊ CONSEGUE ENTENDER!!!! (Aqui entram os anjos cantando leluia) – Quem curte Grant Morrison sabe do que eu tô falando!
  • Leitura rápida, daquelas que você pode colocar no topo da pilha e tirar quase tão rápido quanto colocou. Pra gente que nem eu, que possui pilhas homéricas de coisas pra ler, isso é bastante importante…
  • Uma excelente leitura para atrair gente que nunca leu quadrinhos na vida
  • Unissex!
Tô Lendodesvantagens
  • Momentos tristes. (Ei, fazer o quê? Eu acho isso ruim!!!)
  • Leitura muito rápida. Se você pagar caro na revista, pode ficar um pouco decepcionado…
  • A nova edição da Panini é capa dura (eu prefiro a primeira edição, de capa cartonada)
  • Minha mulher não gostou. Mas até aí, eu já tô inventando desvantagens, porque eu acho que não tem muitas!

Muito bem, meninos e meninas! Essa foi a indicação dessa semana! Acho difícil que alguém não tenha lido ainda… De um jeito ou de outro, troque uma ideia comigo aqui nos comentários! Se você já leu, eu quero saber o que você achou. Se você não leu, eu quero saber o que se passa na sua cabecinha!!! Tsc, tsc…

Até a próxima e boas leituras!

Tô LendoAlgumas imagens!
WE3
WE3
WE3
WE3
WE3
2020-01-08T13:36:48+00:00 8 de janeiro de 2020|0 Comentários