CDC #47 ASTRO CITY

Astro City HQ

Astro City é uma verdadeira obra prima que merece a atenção de todo nerd fã de super-heróis.

Criada por volta de 1995 por Kurt Busiek, Brent Anderson e Alex Ross (mas calma, não se anima, ele só faz as capas e os designes dos personagens), a série traz uma releitura dos heróis mais clássicos que conhecemos da Marvel, DC e até de alguns Pulps. No entanto é preciso uma certa atenção aos detalhes para pegar algumas dessas referências.

Confesso que eu nunca reli a série desde a minha primeira vez, mas a primeira história de todas me marcou profundamente até hoje. Era uma história sobre o Smaritano (o Super Homem residente de Astro City) e me mostrou uma ótica sobre esse tipo de personagem “super tudo” que até então eu nunca tinha tido. Vou me permitir um pequeno spoiler, posto que eu acho que não prejudica a leitura (são vários pequenos arcos e esse é apenas um one shot). A premissa é simples: um super-herói tão ocupado em salvar o mundo várias vezes por dia e manter sua identidade secreta enquanto isso, que, quando vai dormir, sonha que está voando. Achei lindo. Foi uma daquelas que me deixou pensando muito tempo depois de chegar ao final da história.

E a revista é toda cravejada dessas pequenas pérolas: novas abordagens para personagens antigos, dando um toque a mais, algo que o cotidiano industrial da revista mensal de super heróis normalmente não consegue dar. Vemos versões do Fantastic Four, como a First Family, não só mantendo as mesmas iniciais, como fazendo um trocadilho duplo, já que além de ser uma espécie de “família real” dos quadrinhos, o Quarteto Fantástico foi literalmente a primeira família de super-heróis dessa mídia. Seguindo essa linha, você pode esperar correlações com o Batman, o Homem Aranha, a Liga da Justiça e os Vingadores, sempre com uma gotinha a mais de sensibilidade que normalmente nos falta nos quadrinhos feijão com arroz do dia a dia.

O que no entanto era muito inovador nos anos 90 (que não podemos esquecer, foi uma década bastante negra – ou cromada – para a criatividade quadrinística), foi feito e refeito inúmeras vezes depois disso. Então me resta uma pequena de preocupação de se, para um leitor de primeira viagem, a obra sobrevive ao teste do tempo (até porque como eu já mencionei, eu só li uma vez…). De um jeito ou de outro, eu acho que essa é uma daquelas revistas que merece ser conhecida, posto que ela deu origem à boa parte dessa onda de “releituras” que fazem sucesso até hoje! E, apesar de ser um mega novo clássico, ela passa despercebida pelo radar de vários nerds já formados. Então, para ajudar o pessoal a correr atrás do prejuízo, vou deixar aqui a lista de todos os arcos de Astro City até então.

Astro City HQAstro City HQ

Astro City Volume 1: Life in the Big City  reúne Astro City Vol. 1 #1–6)

Astro City Volume 2: Confession reúne Astro City Vol. 2 #1/2, 4–9)

Astro City Volume 3: Family Album reúne Astro City Vol. 2 #1–3, 10–13)

Astro City Volume 4: Tarnished Angel reúne Astro City Vol. 2 #14–20)

Astro City Volume 5: Local Heroes reúne Astro City Vol. 2 #21–22, Astro City: Local Heroes #1–5, Astro City Special: Supersonic, “Since the Fire”) de 2003

Astro City Volume 6: The Dark Age Book One: Brothers and Other Strangers reúne Astro City: The Dark Age Vol. 1 #1–4, Vol. 2 #1–4) de 2005

Astro City Volume 7: The Dark Age Book Two: Brothers in Arms reúne Astro City: The Dark Age Vol. 3 #1–4, Vol. 4 #1–4)

Astro City Volume 8: Shining Stars reúne Astro City: Samaritan SpecialAstro City: Astra #1–2, Astro City: Silver Agent #1–2 and Astro City: Beautie #1)

Astro City Volume 9: Through Open Doors reúne Astro City Vol. 3 #1–6)

Astro City Volume 10: Victory reúne Astro City Vol. 3 #7-10 and Astro City Visitor’s Guide #1)

Astro City Volume 11: Private Lives reúne Astro City Vol. 3 #11-17)

E agora as vantagens e desvantagens, sem as quais não sabemos viver:

Tô Lendovantagens
  • Grande parte desse material foi publicado pela Panini! Êêêêê!
  • Histórias com um pouquinho mais de densidade emocional que estamos acostumados no universo super-poderoso
  • Pelo menos nos primeiros volumes as histórias são compostas de pequenos arcos, o que acarretam numa excelente leitura interrompida, ótima para ser intercalada com outras leituras (ideal para quem, assim como eu, tem infinitas outras leituras todo dia)
  • Capas do Alex Ross. As capas do Alex Ross são sempre um desbunde. Ele é capaz de fazer os Super Gêmeos parecerem maneiros. (Tanto que ele já fez!)
  • Um novo take em cima de personagens que tanto amamos
  • Histórias de super heróis de qualidade, sem apelar para megassagas ou cenas de ação exageradas. Tudo apoiado em boas ideias e bons roteiros!
Tô Lendodesvantagens
  • A arte do Brent Anderson, especialmente depois de ver uma capa do Alex Ross, pode decepcionar um pouco. É um pouco suja, um pouco mundana demais. Mas você acostuma. E depois até gosta.
  • É bem possível que a série tenha envelhecido um pouco. É pra ser lida tendo em consideração a época em que ela foi publicada (uma época bosta) e seu caráter precursor, numa época em que ninguém tentava nada parecido (uma época bosta)
  • Apesar de já ter sido publicada no Brasil pela Panini, Devir e Pixel Midia, ela nunca foi publicada completamente. Então temos que esperar que a empreitada da Panini dê frutos contínuos. Por outro lado, como essa é uma excelente leitura interrompida (um arco geralmente não tem nada a ver com o outro arco) a espera não chega a ser um grande problema. Pelo contrário, nos dá mais tempo para ler outras coisas.
  • Como cada arco conta uma história completamente diferente, é bem capaz do leitor encontrar altos e baixos. Fatalmente vai ter um personagem que ele gosta mais e um que ele acha um saco…

Bem, eu espero que Astro City seja bem mais conhecido do que as outras bizarrices que eu costumo comentar por aqui! Então vamos gerar conversa! Se você leu, fale o que você achou! Se você não leu, explique para gente por que você é um mané!

De um jeito ou de outro, vamos conversar! Astro City merece!

Até a próxima quarta e boas leituras!

Tô LendoAlgumas imagens!
Astro City HQ
Astro City HQ
Astro City HQ
Astro City HQ
Astro City HQ
2019-08-06T18:02:05+00:00 7 de agosto de 2019|0 Comentários